STJ aceita habeas corpus de Cachoeira e Cavendish

Da Agência Brasil

STJ manda soltar Cachoeira e Cavendish, presos na Operação Saqueador

Por André Richter

O ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ),  mandou soltar hoje (8) os presos investigados na Operação Saqueador, entre eles o empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira, e Fernando Cavendish, ex-dono da construtora Delta. 

A defesa dos acusados entrou com habeas corpus pela manhã no tribunal, após a decisão que revogou prisão domiciliar concedida aos acusados.

A decisão, que não foi divulgada, vai beneficiar os empresários Adir Assad e Marcelo Abbud, que também estão presos. Por meio de telegrama, o STJ já informou o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que deverá determinar a soltura dos acusados e empregar medidas cautelares. Os acusados estão presos no presídio de Bangu 8.

Operação Saqueador

Os mandados de prisão foram expedidos no âmbito da Operação Saqueador da Polícia Federal, que rastreia esquema de desvio de verbas públicas e lavagem de dinheiro, no valor de R$ 370 milhões. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), os principais acusados são Fernando Cavendish e Carlinhos Cachoeira.

Além deles, foram denunciadas 21 pessoas, incluindo executivos, diretores, tesoureira e conselheiros da empreiteira e proprietários e contadores de empresas fantasmas, criadas por Carlinhos Cachoeira e os empresários Adir Assad e Marcelo Abbud.

16 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Cachoeira tá com a bola toda.

    Cachoeira tá com a bola toda. Já deu a dica a Temer pra a reabertura dos jogos de azar, que entende como qualquer banqueiro de bicho, macomunado com os bandidos de sempre.

  2. Mas ė claro que vão ser soltos
    Não que eu apóie prisão pra forçar delação, substituindo assim a necessidade de se investigar. Mas sei que essas revogações tem menos a ver com um súbito amor ao Estado de Direito do que medo da potencial delação dos dois, especialmente do Cachoeira.

    Acho que são as duas delações top da praça, aquelas que ninguém quer, até porque não acredito em delação bomba de advogado que dizem por aí. Neste caso, como quero estar enganado, mas acho que isso é terrorismo pra movimentar engrenagens.

    Delações da Odebrecht, por ex, pode acrescentar personagens, detalhes picantes, etc Mas a do cunha seria mais emocionante e a do Cachoeira poderia acrescentar novos setores ( judiciário , mídia, etc)

    Assim, vemos a nova velha ordem sendo restabelecida:

    Não se investiga.

    Não se prende face os processos dormirem nas gavetas.

    Etc, etc, etc.

    E a lava-jato segue como ponto fora da curva, morrendo aos poucos já que atingiu motivos ” nobres” como erradicar o petismo.

    Mas uma coisa a lava-jato não ė fora da curva. Se no Brasil sempre se puniu os 3Ps, a AP 470/Joaquim Barbosa acrescentou mais um P, a lava-jato só deu um pequeno tempero a esse costume: quem se mistura com o quarto P também entra, por isso que no baile entrou as empreiteiras.

    Ah, mas o PMDB, o Cunha, etc?

    Simples: nada teria a minima credibilidade se não pegassem essas Super Bandeiras Vermelhas que até bebê de um ano já conhece os malfeitos.

    E acima de tudo, em termos partidários o PMDB nao é da elite política, ė aquele bando voraz e nada chique, muito distante dos tucanos chiques, marinistas descolados, etc.

    Nesse ponto, a lava jato continuou nos 4 Ps.

  3. O Dirceu e o Marcelo

    O Dirceu e o Marcelo continuam sendo torturados. Para os amigos, tudo.

    Quem poderia ao menos cuidar das aparências finge, com toda a pompa que o cargo proporciona, que não vê.

    Cachoeiras não vão rolar,

    Os corruptos vão sobrar. 

    1. Enquanto Isso, pelo Pais…

      Antonio Carlos: genial essa sua ideia de substituir palavras por fotos fundamentais para definir a situação. Só faltou de Serra, Aloisio e Gilmar, o trio que asseusta criança até findo. Do Imortal Insepulto, com aquele constante sorriso de hiena, este dispensa comentários. Parabens, que valeu tanto quanto o artigo

      1. quem se importa que a Casa

        quem se importa que a Casa Grande roube no atacado..,..,.faltou o médico tarado que estuprou 200 pacientes e foi solto pelo gilmaar dantas….a lista é infidável

  4. Justiça Seja Feita…

    Nassif: tá certo o ministro, mesmo sem ler suas razões. Veja só. Trata-se de pessoas honestas, de alta posição social e profundas relações no Judiciário e no atual governo. Cometeram pequenos deslizes, meras contravenções, que é moeda corrente em Brasília, no mais límpido exemplo da maioria do Congresso e do Palácio do Jaburu (dizem, com ramificações pelo Judiciário). Ademais, neste caso não aparece ninguém ligado ao governo dado por deposto, nem o nome do Lula. Então, prá quê gastar dinheiro do contribuinte com esses anjos, cujo valor dos casos nem chega a um bilhão de reais? E já imaginou se vem delação? Não escapa nem a grande mídia. E pode anotar, essa vai ser a tônica, daqui prá frente, que só vai aparecer nomes do pessoas ligadas ao governo de 1992/2002, pessoas de ilibada reputação e respeito, segundo o noticiário das 20 horas.

  5. Enquanto isso os petistas

    Enquanto isso os petistas seguem presos e condenados. Só falta a forca.

    Já imaginaram se tivesse pena de morte no Brasil. Não havia mais nem petista vivo….

  6. Uquequiéisto !

    Uquequiesto minha gente !  É este tipo de gente que está  acusando o PT ? perderam a vergonha por completo ! Estou confiando mais nos ladrões  que na justiça ! Ou será que pode aparecer a TV Globo, Veja, Época, etc.

    Quando desistem rapidamente é pq sentiram o cheiro de esgoto. Podes crer !

  7. Dois pesos duas medidas

    Quer dizer… o Cachoeira e o Cavendish não podem contaminar provas, e nem precisam deletar qualquer um para sair de cadeia.

    Que maravilha a justiça tupiniquim.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador