Toffoli nega liminar para suspender processo contra Lula em Curitiba

 
Jornal GGN – O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, negou nesta quinta (3) o pedido de liminar feito pela defesa de Lula para suspender uma ação penal que tramita na jurisdição de Sergio Moro envolvendo a delação da Odebrecht.
 
Segundo o Estadão, ao negar o pedido, “Toffoli ainda pediu informações técnicas complementares à petição assinada pela defesa de Lula num prazo de 15 dias (o valor da causa não está indicada na petição inicial). Após esse período, o ministro pede que Moro preste informações a respeito do pedido do petista, para então dar vista à Procuradoria-geral da República (PGR).”
 
Na quarta (2), a defesa de Lula protocolou no Supremo uma reclamação (RCL 30372) contra a decisão de Moro, que se recusou a enviar o caso contra o petista para a Justiça de São Paulo após o STF entender que a delação da Odebrecht não tem relações com a Petrobras.
 
A defesa quer que Moro seja obrigado a “determinar a imediata remessa dos autos à Seção Judiciária de São Paulo, declarando-se a nulidade de todos os atos praticados pelo juízo reclamado no processo-crime em questão. Subsidiariamente, que se determine o encaminhamento à Justiça Federal de São Paulo de todos os depoimentos e elementos de corroboração indicados na decisão da Segunda Turma do STF”, informa o portal do Supremo.
 
Por conta da delação da Odebrecht, Lula é réu em duas ações: uma sobre o sítio de Atibaia e outra sobre um imóvel nunca utilizado pelo Instituto Lula e um apartamento que pertence a Glaucos da Costamarques, primo distante de José Carlos Bumlai. A Lava Jato alega que a reforma do sítio, a compra do imóvel e a locação do apartamento faziam parte de um esquema para beneficiar o ex-presidente.

19 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

jruiz

- 2018-05-03 22:14:51

quem pode manda quem tem

quem pode manda quem tem juizo obedece

João do Serão

- 2018-05-03 21:41:16

O PT só colocou tranqieoras

O PT só colocou tranqieoras no STF...

Miguel Arcanjo E. Corgosinho

- 2018-05-03 20:54:52

Caiu na lama a percussão

Caiu na lama a percussão institucional dos direitos reais na justiça brasileira.

Sem uma repulsa vigorosa, ergue-se o personalismo imbecil e não há mais a regra de conduta.

Está faltando aos magistrados a investidura nas leis da constituição; assim, com a devida venia, a juizo de circunstâncias próprias, os votos que pronunciam, estão envergonhando os atos de natureza juridica.

 

Francisco Vieira

- 2018-05-03 18:49:27

Um juiz do Supremo não

Um juiz do Supremo não percebe o ativismo político de um juiz de piso ou é conivente?

Franbeze

- 2018-05-03 18:22:54

Como já previ

esse país já era. O Lula vai sair da prisão morto e a direita vai ganhar as eleições com os pés nas costas. Os golpistas estão a vontade para terminar o projeto que é tirar tudo dos trabalhadores.  

vera lucia venturini

- 2018-05-03 17:27:13

É mais do mesmo do inspirador

É mais do mesmo do inspirador do nome de Ayres Brito. Aí o Tofolli do Gilmar faz a diferença. Um ministro à altura do STF.

Fábio de Oliveira Ribeiro

- 2018-05-03 17:13:10

Agora vai... Dias Toffoli

Agora vai... Dias Toffoli subiu pela esquerda e chutou a escada para se tornar a encarnação de Thomas Becket no STF.

Jaide

- 2018-05-03 15:46:32

Qualquer que seja o substituto da CL, fica tudo como está.

Quem viver, saberá os segredos dos togados, supremos ou não. 

No momento, há quem conheça todos os "mistérios". Em caso de insubordinação,  fornece algumas amostras. O suficiente para conter eventuais rebeldias.

celso silva

- 2018-05-03 15:41:24

Porque que eu não estou nem

Porque que eu não estou nem um pouco surpreso com esta decisão contra o Lula deste ministro do stf?

Rogério Bezerra

- 2018-05-03 15:40:29

Até quando perderemos tempo

Até quando perderemos tempo lendo e criando expectativa, sobre o que esses desgraçdos do STFZINHO decidirão?

Estão todos na conspiração!

Só um Paredón resolverá essa peleja!  

 

Marcos Antônio

- 2018-05-03 15:08:06

Amarelou... Judicialmente, é

Amarelou...

Judicialmente, é claro...

Eduardo Outro

- 2018-05-03 14:55:58

Pode ser que seja só por

Pode ser que seja só por espírito de sobrevivência, ou para pintar de verde o horizonte, ou ingenuidade mesmo, eu também penso que devemos aguardar um pouco.

rkodama

- 2018-05-03 14:53:54

Por outro lado pode gerar uma sentença afobada

Nesse período, a República do Paraná pode gerar uma sentença afobada, cheia de erros e contradições, que poderá ser derrubada lá na frente.

Rui Ribeiro

- 2018-05-03 14:29:05

Toffoli não vê fumus boni iuris na decisão do $TF.

Se Toffoli viu fumus boni iuri na decisão invocada pela defesa do Lula para desaforar o processo, ele, certamente, não viu periculum in mora, já que o judiciário é moroso.

Jorge Luis

- 2018-05-03 14:27:08

Toffoli só faz o que o Gilmar

Toffoli só faz o que o Gilmar manda. Nesse caso específico, apenas Lula seria afetado, sem nenhum reflexo contra os tucanos. Isso explica o resultado.

Já o caso da prisão após a segunda instância é muito mais amplo e pode acabar sobrando para algum "amigo". Gilmar e seu pupilo só são "garantistas" quando o resultado interessa também aos tucanos.

alexis

- 2018-05-03 14:25:23

Cautela

O Ministro foi sensato ao solicitar mais antecedentes.

A defesa do Lula talvez tenha-se precipitado um pouco

Vamos aguardar 15 dias

Naldo

- 2018-05-03 14:24:23

Essa turma, com essas
Essa turma, com essas decisões exdruxulas, caminha a passos largos para a extinção, só refazendo esse órgão com novas bases talvez preste alguma coisa ao povo.

Dirval Cruz

- 2018-05-03 14:08:05

Aqueles que pensam no final

Aqueles que pensam no final do mandato da ministra Carmem Lúcia em setembro e a chegada doministro Toffolia à presidência do STF poderá significar a volta da Justiça e o fim da perseguição a Lula e ao PT já têm uma amostra de como se comporta o ministro: nada diferente de tudo que vemos hoje. Como disse  Jucá: "com o STF, com tudo."

Victor Suarez

- 2018-05-03 14:00:22

Lula vai morrerna prisão. A

Lula vai morrerna prisão.

A Globo governa o Brasil com a conivência de uma elite do atraso FDP.

Privatizar tudo empobrecerá o Brasil e só uma guerra mortal nos fará reaver o Pré-Sal dos EUA e da Europa.

E o nosso Judiciário nos encaminha para uma trag´dia humanitária que será sentida daqui uns 10 anos.

Agora é certo, maçonaria é sinônimo de atraso e de cnfraria de homens de bem só que não.

Igreja, prefere derrubar o papa e perder seguidores que tentar lutar contra os petencostais salafrários.

OAB cava sua cova.

Restará brasileiros iluminados para nos tirar dessa sinuca de bico no FUTURA. Agora é terra arrasada.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador