Sobre a qualidade das “provas” contra Lula, e não sua inexistência

No julgamento de Lula em segunda instância, relator passou horas lendo delações, em transmissão ao vivo, como quem quer dizer que, inegavelmente, as provas estão nos autos. Só que o TRF-4 não abordou, em nenhum momento, a qualidade das provas valoradas por Sergio Moro de maneira questionável

Jornal GGN – Salta aos olhos de quem acompanhou o julgamento de Lula no TRF-4 nesta quarta (24) o esforço dos três desembargadores – Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Laus – para rebater com contundência a ideia de que o ex-presidente é vítima de um processo sem provas.

Uma frase de Laus explica, em parte, a preocupação do TRF-4: “O tribunal de apelação tem a última palavra sobre as provas, por isso cabe a ele dizer quais são as provas.”

E quais foram as provas destacadas ao longo de quase 9 horas de julgamento?

Greban, o relator, foi responsável por expôr a maior parte delas. Por cerca de 3 horas, ele leu trechos de delações, citou documentos encontrados por investigadores e defendeu que palavra de co-réu merece crédito, entre outros pontos.

Na sequência, Paulsen falou em “quebra cabeça” e Laus, em “colcha de retalhos”, ilustrando o entendimento de que, separadas, as delações até parecem “frágeis”, mas juntas, narram o que seria o principal crime de Lula: ter tido o poder, como presidente da República, de fazer ou manter nomeações política na Petrobras.

Em decorrência disso é que Lula teria recebido, como contrapartida, o triplex. Questão secundária é a transferência do apartamento, disse Paulsen, até pelo “valor menor” do imóvel ante a imensidão das propinas ao PT.

O que prova a propina da OAS ao é o mesmo que atesta que o triplex foi um “presente” para Lula: delações.

Leia também:  No Senado, PGR diz que combate à corrupção está garantido

Embora preguem que ninguém é condenado por delação sem provas, os desembargadores usaram à exaustão delações formais e informais de figuras como Delcídio do Amaral, Paulo Roberto Costa, Nestor Cerveró, Pedro Corrêa, Fernando Baiano, Léo Pinheiro e Agenor Medeiros – os dois últimos, ex-executivos da OAS que, por terem apontado o dedo para Lula, foram premiados com redução drástica da pena hoje.

Se dispôr a ler as principais delações no julgamento transmitido ao vivo foi o modo do TRF-4 de dizer que as provas estão nos autos. Só que o tribunal não mergulhou, em nenhum momento, na qualidade dessas provas. 

Na sentença de Moro, reafirmada pelo TRF-4, já havia ficado claro como as delações ditas questionáveis pelas defesas foram valoradas.

A estratégia da Lava Jato foi colher delação sobre os fatos A e B. O delator só entregou provas documentais sobre o fato A, não entregou sobre B. Mas como provou que falou a verdade sobre uma parte do que disse (fato A), Moro estendeu esse “crédito” para toda a delação, deixando de exigir documentos sobre o fato B.

O TRF-4 ratificou a estratégia dizendo que é “inimaginável” esperar que alguém surgisse com um recibo dos crimes de um político do nível de Lula, principalmente estando ele no cargo blindado de presidente da República.

No caso, o ilustrativo fato B são as imputações a Lula, como a que foi feita por Pedro Corrêa, alegando que o ex-presidente ameaçou demitir o Conselho de Administração da Petrobras inteiro se interesses do PP não fossem atendidos. 

Leia também:  Alckmin se torna réu na Justiça Eleitoral de SP por corrupção

Quando foi usado contra Lula, o acordo de Corrêa sequer havia sido aceito pela Justiça.

A delação de Delcídio do Amaral é considerada uma farsa pelo próprio Ministério Público Federal, só que em Brasília.

Ainda assim, o TRF-4 entendeu que são válidas as delações questionáveis, porque uma confirma a outra.

Disse Laus: “São depoimentos convergentes, harmônicos entre si. Uma a uma, cada testemunha foi acrescentando um ponto. Como se fosse um muro, cada uma acrescentou um tijolo.”

Os procuradores que fecharam os acordos devem estar orgulhosos.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

26 comentários

  1. Delações…
    Tudo feito sob

    Delações…

    Tudo feito sob medida.

    E o mais interessante é que com isso eles conseguiram soltar quem eles queriam, os grandes empresários e diretores (apesar das provas condenatórias) e prender quem eles queriam, a maior liderança política dos trabalhadores (apesar da inexistência de provas).

    Uma armação perfeita. Melhor impossível.

  2. Fica uma lição

    Quando, e se, aqueles que pretendem fazer algo, por mínimo que seja, a favor dos pobres esquecidos do Brasil voltarem ao poder, não deverão esquecer que o poder deve ser exercido por pessoas que tenham gana e competência para fazê-lo. Se não for assim é melhor nem tentar. É situação semelhante a alguém tentar usar uma arma sem preparo ou firmeza para isso, é muito mais provável machucar  a si próprio, ou a um inocente, do que atingir o alvo.

  3. Tarefa cumprida de maneira “irrepreensível”…

    Possíveis recompensas garantidas pelo U.S.Department Of State e Globosta Television :

    1) Judge Morrow = Preside uma Fundação a ser idealizada pela CIA com patrocínio financeiro dos irmãos Koch, George Soros e P.Lehman

    Atividade específica = Promover o combate a corrupção* na política na América Latina (perseguir líderes de esquerda em partidos políticos e em organizações sociais)

    2) Judge Thompson Flowers = Assume uma cadeira no supreminho tribunalzinho federal da colônia

    3) Judge Gebran = Assume uma cadeira no supreminho tribunalzinho de justiça da colônia

    4) Judge Paulsen = Assume a presidência do trf no sul da colônia

    5) Judge Laus =  Participará de um programa semanal na Globosta News para discutir combate a corrupção* na política na colônia brazil

    6) Prosecutor Delanganol = Assume uma cadeira no senado federal (Paraná) da colônia brazil

    7) Prosecutor Charles Fernando = Ganha um programa semanal na Globosta News para discutir combate a corrupção* na política na colônia

    * Combate a corrupção = Combater lideranças políticas da esquerda e organizações sociais de trabalhadores e estudantes

  4. O ex-presidente Lula é agora

    O ex-presidente Lula é agora oficialmente corrupto. Ele se junta a outros casos oficiais, como por exemplo: 
    1- Fernando Henrique Cardoso é oficialmente não responsável pela corrupção da Petrobrás durante o governo dele.
    2- Vladimir Herzog é oficialmente um suicida.
    3- Rubens Paiva é oficialmente um desaparecido.
    4- Aécio Neves é oficialmente um político de carreira elogiável.
    5- Juscelino Kubitschek e Marechal Castello Branco são oficialmente vítimas fatais de acidentes.
    6- José Serra é oficialmente aposentado da política por problemas de coluna cervical.
    7- Rodrigo Tacla Duran é oficialmente o único delator mentiroso.
    etc.

  5. ENGOLIMOS UMA VEZ A TEORIA DO DOMÍNIO DO FATO…

    Agora não adianta chorar…

    Sem a FORÇA DO POVO e o PODER DE SEUS ABAIXO ASSINADOS, o PT não é nada!

    Temos hoje um judiciário tendencioso, sem moral, e injusto; a ponto de promover uma vergonhosa perseguição ao Lula, como essa, por culpa do próprio PT! Casos assim precisam ser levados ao STF, pedindo o afastamento do juiz do processo, por ser nitidamente inimigo de uma das partes, e poder fazer um julgamento tendencioso. Algo que não podemos admitir; porque amanhã tal injustiça poderá voltar-se contra nós mesmos. É um absurdo que o Moro (família fundadora do PSDB), inimigo político do Lula, possa julgá-lo, ainda mais depois de todos os abusos e declarações tendenciosas que cometeu.

    Absurdo desse tamanho, não nos leva a desconfiar que o PT gosta, e beneficia-se com toda essa perseguição, tornando-se a VÍTIMA?

    Afinal, por que o PT nada faz para mudar essa pouca vergonha, e apoia a continuidade dessa situação?

    Caso o STF não afastasse o Moro do processo, a sociedade deveria pedir o impeachment desse juiz do “supremo”, um direito que qualquer cidadão pode exercer. Entretanto, o presidente do senado engaveta todos os pedidos de impeachment contra os juízes do STF. Por isso nosso judiciário virou um caos, porque a população não tem direito de corrigi-lo! Mas se tivéssemos o poder de CONVOCAR O PLEBISCITO DESTITUINTE desse senador com nossos ABAIXO ASSINADOS, ele pensaria mil vezes antes de agir contra a sociedade, para não perder seu cargo. Aliás, já teríamos colocado muitos juízes no olho da rua, e nossa Justiça seria moralizada. Confiram como funciona o judiciário no mundo desenvolvido, que o Lula e o PT não aceitam para o Brasil:

    http://democraciadiretabrasileira.blogspot.com.br/2015/07/diferenca-entre-o-nosso-judiciario-e-o.html

  6. Como se os cretinos delatores

    Como se os cretinos delatores – em épocas informatizadas e performatizadas – não trocassem ideias e sugestões entre eles e os desprocuradores e o desMoronado para criarem o ambiente que hoje foi utilizado pelos estropícios para darem a vitória à casa grande merdiática. Quadrilha é muito pouco: fascistóides criminosamente agrupados para acabar com qualquer conquista social. Pobre país de merrecas.

    • PGR e TRF4, dois covis tucanos.
      PGR e TRF4 liberam geral, agora bandido pode agir a vontade e honesto vai em cana.ENQUANTO ISSO, ALI NUM DOS DO MUITOS COVIS ONDE “BANDIDOS DE TOGAS” SE REUNEM PARA DAR CARTAS DE ALFORRIA, HABEAS CORPUS, PRESCRIÇÃO DE ROUBALHEIRAS DE GRANA PUBLICA, E OUTRAS CANALHICES, AOS SEUS AMIGOS E COLEGAS DE BANDIDAGENS, OS VERDADEIROS BANDIDOS DA POLÍTICA:>>>>>>>>>>A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu o arquivamento de um inquérito que investiga o senador José Serra (PSDB-SP). A investigação, baseada na delação premiada de Joesley Batista e de outros executivos da J&F, apura se Serra deixou de declarar à Justiça Eleitoral parte das doações recebidas para abastecer a campanha à Presidência da República de 2010.  Raquel Dodge afirmou que o prazo de prescrição para o crime é de seis anos, ou seja, já está esgotado. A relatora do caso é a ministra Rosa Weber, que decidirá se atende ao pedido ou não. A praxe no Superior Tribunal Federal (STF) é aceitar as solicitações de arquivamento feitas pela Procuradoria-Geral da República.https://www.conversaafiada.com.br/politica/escandalo-dodge-tira-serra-da-cadeiaNo mesmo dia da condenação de Lula sem provas, a procuradoria-geral da República pediu o arquivamento de uma das ações da JBS em que o senador José Serra (PSDB-SP), um dos articuladores do golpe, é citado; José Serra foi o responsável pelo projeto de entrega do pré-sal e foi acusado de receber R$ 52,4 milhões em propinas, dos quais R$ 23 milhões na Suíça; A denúncia foi feita pelo delator Pedro Novis, ex-presidente da Odebrecht; Para a PGR, o caso Serra prescreveu; A questão é: a lei é igual para todos?Durante seu voto no TRF4, o DESEMBARGADOR VICTOR LAUS destacou que Lula “não está acima do bem e do mal” e ainda que “A LEI É PARA TODOS”. Será? https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/338620/Pode-vomitar-PGR-arquiva-a%C3%A7%C3%A3o-contra-Serra.htm

    • PGR e TRF4 liberam geral,
      PGR e TRF4 liberam geral, agora bandido pode agir a vontade e honesto vai em cana.ENQUANTO ISSO, ALI NUM DOS DO MUITOS COVIS ONDE “BANDIDOS DE TOGAS” SE REUNEM PARA DAR CARTAS DE ALFORRIA, HABEAS CORPUS, PRESCRIÇÃO DE ROUBALHEIRAS DE GRANA PUBLICA, E OUTRAS CANALHICES, AOS SEUS AMIGOS E COLEGAS DE BANDIDAGENS, OS VERDADEIROS BANDIDOS DA POLÍTICA:>>>>>>>>>>A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu o arquivamento de um inquérito que investiga o senador José Serra (PSDB-SP). A investigação, baseada na delação premiada de Joesley Batista e de outros executivos da J&F, apura se Serra deixou de declarar à Justiça Eleitoral parte das doações recebidas para abastecer a campanha à Presidência da República de 2010.  Raquel Dodge afirmou que o prazo de prescrição para o crime é de seis anos, ou seja, já está esgotado. A relatora do caso é a ministra Rosa Weber, que decidirá se atende ao pedido ou não. A praxe no Superior Tribunal Federal (STF) é aceitar as solicitações de arquivamento feitas pela Procuradoria-Geral da República.https://www.conversaafiada.com.br/politica/escandalo-dodge-tira-serra-da-cadeiaNo mesmo dia da condenação de Lula sem provas, a procuradoria-geral da República pediu o arquivamento de uma das ações da JBS em que o senador José Serra (PSDB-SP), um dos articuladores do golpe, é citado; José Serra foi o responsável pelo projeto de entrega do pré-sal e foi acusado de receber R$ 52,4 milhões em propinas, dos quais R$ 23 milhões na Suíça; A denúncia foi feita pelo delator Pedro Novis, ex-presidente da Odebrecht; Para a PGR, o caso Serra prescreveu; A questão é: a lei é igual para todos?Durante seu voto no TRF4, o DESEMBARGADOR VICTOR LAUS destacou que Lula “não está acima do bem e do mal” e ainda que “A LEI É PARA TODOS”. Será? https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/338620/Pode-vomitar-PGR-arquiva-a%C3%A7%C3%A3o-contra-Serra.htm

  7. Simulacro e presunção de culpa

    Nesse simulacro de  processo judicial, em primeiro lugar, elegeu-se um culpado e depois se construiu uma narrativa que desse o mínimo de sustentação à hipótese inicial. A narrativa da culpa foi construída com o auxílio  “voluntário” dos  delatores  que sabiam muito bem que só que teriam suas penas reduzidas se apontassem o dedo para o Lula. Provas? Ora, ora, ora, quer prova maior do que a palavra dos probos delatores, ladrões confessos da Petrobrás? Junte-se a palavra dos delatores, uma reportagem do imparcial “o Globo” e uma versão requentada da Teoria de Domínio do Fato e…pimba: “Lula é o chefe do esquema criminoso”, conforme já havia sido afirmado pelo “Procurador Power Point” de Curitiba. Em palavras simples: a roupagem é legal, o rito parece sério, mas é tudo uma farsa gigantesca e inominável que espero estar vivo para vê-la ruir, juntamente com a credibilidade do Judiciário. Em tempo: comete um ledo engano quem imagina que pode parar a marcha da História com uma penada judicial. 

  8. Por que a pena do delator co-réu foi diminuída pelo TRF 4?

    Ora, o TRF 4 aumentou a pena de Lula. E diminuiu sensivelmente a pena do delator Pinheiro.

    Por que Moro não fez esta diminuição na sua condenação, quando ele era delator?

    Por quê?

    É uma questão que me intriga.

    Será que alguém pode ter uma explicação sobre isto?

  9. Minha vontade era…

    De passar pela televisão e encher a cara de cada um dos três de … . Vergonha de terem que prestar um papel como esse, todos pau-mandados, amiguinhos daquele traste de Curitiba. Não tem essa de amigos, amigos, negócios a parte.

  10. Brasil em Chamas

    Novo jargão da esquerda: “Se prenderem Lula o país estará em chamas.” Traduzindo: Exatamente o contrário. Lula que se prepare, vai ser preso e NADA acontecerá a não ser alguns gatos pingados que colocarão fogo em pneus, interditarão algumas vias Brasil afora e no dia seguinte ninguém lembrará mais. Infelizmente os partidos de esquerda continuam CEGOS, menos claro, os golpistas que já mapearam todo comportamento de vira-latas do PT. O PT está brincando de golpe.

  11. Eles não tiveram nem tempo de ler o processo

    como que iriam falar sobre alguma prova especifica?

    Por isso mesmo que ficaram 9 horas falando sobre generalidades das provas.e também sobre temas que nada tinham a ver com o triplex.

    Só isso já explica essa farsa e essa sensação de que foi tudo combinado. Ninguem ali analisou todo o processo porque não teve tempo hábil para isso.

     

  12. Toda unanimidade é burra

    Os Desembargadores que lincharam o Lula são mais estúpidos do que eu pensava. Eu achei que, a fim de salvar as aparências, eles não seriam unânimes em condenar o Lula. Achei que, fora o Gebran, um deles divergiria para demonstrar à opinião pública que o judiciário é um poder sério. Mas que nada! A burragem foi unânime.

  13. Vergonha…
    Esse julgamento me deu imensa vergonha de ser funcionário público. Confesso que não vi todo o julgamento, mas algumas passagens foram terríveis. Primeiramente o corporativismo dos juízes se auto elogiando e aos seus pares, pareciam um grupinho de alunos apresentando um trabalho na escola para um professor que gosta de ser bajulado. Segunda pelo abuso de chavões sobre corrupção e o velho apelo ao “conjunto da obra”. Terceiro, comparações e analogias descabidas, como quando citaram apartamento vendido na planta para justificar alguma das interpretações.

  14. NÃO ADIANTA VIR AGORA COM

    NÃO ADIANTA VIR AGORA COM MIMIMI, NE NHEM NHEM.

    O VERDADEIRO CULPADO PELA CONDENAÇÃO FORAM OS ADVOGADOS DE LULA.

    Jamais vi adevogados tão ruins. Esse zanini então é uma verdadeira piada.

    Tenho de apelar para vocês pararem e pensarem…….

    Estamos em 2015 e o escandalo do triplex estourou.

    Lua e esposa ainda não se decidiram se ficavam ou não com o Triplex. Tal como os filmes de comédia-terror, estavam em frente a uma encruzilhada com 2 caminhos. numa  escrito morte, e no outro escrito vida.

    Os advogados aconselharam o casal a declinar do apartamento e hoje Lula está condenado.

    PORQUE MEU DEUS NÃO ACONSELHARAM A FICAR COM O APARTAMENTO E PAGAR PELA DIFERENÇA E BENFEITORIAS?

    QUEM FOI O ASNO QUE ACONSELHOU: NEGE TUDO QUE ELES NÃO TEM PROVAS?

    Se Lula e esposa tivessem aceitado o triplex e pago, tanto a diferença de preço como as reformas, o que teria acontecido?

    Estariam pendurados pela broxa, não teriam nada para acusar.

    Estrago feito, fizeram o segundo erro. Concentraram a defesa na tese ridícula de que o triplex é da OAS.

    Rídicula a tese. Em primeiro lugar, porque cabe a quem adquire um imóvel proceder ao registro, segundo, o próprio imposto de renda de Lula e Marisa já colocavam o imovel como seu. E não adianta dizer que era uma cota e não um triplex, porque isso é insiginificante. E por último porque esconder patrimonio, no caso de bens imóveis é justamente não passar o imóvel para o seu nome.

    Terceiro erro foi o de apelar de cada ato do Sergio Moro. Como os próprios juizes do TRF4 disseram, todas as questões preliminares foram objeto de decisão, assim ficou fácil para eles julgarem.

    Quarto, essa idéia ridícula de concentrar a defesa na ausencia de provas, porque haviam, e fartas, e não nas questões de direito. Levaram uma sabugada dos tres juizes, com direito a aula de direito pelo último juiz.

    PELOAMORDOSMEUSFILHINHOS, MANDA ESSE ADEVOGADO ZANINI PRO LONGE.

    Lula tamém teve a sua quota-parte nessa tragédia porque se portou com arrogancia perante o juiz no depoimento, e teve depois de implorar para o juiz Sérgio Moro ouví-lo novamente, lambendo as botas do Juiz de maneira humilhante.

     

     

  15. Uma revolta que está me sufocando…

    Acabei de chegar da padaria e flagrei desembarcando de uma novíssima Land Rover um assessor de Eduardo Cunha, estava exultante com a condenação de Lula .

    Que esta merda de país seja encharcado com muito sangue !

  16. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome