Editora Draco inicia pré-venda de história em quadrinhos sobre cultura hip hop

“Na Quebrada - Quadrinho de hip hop” tem 184 páginas em preto e branco, no formato 17 x 24 cm, papel pólen bold e capa em papel cartão de boa gramatura e com orelhas.

Editora Draco inicia pré-venda de história em quadrinhos sobre cultura hip hop

por Rogério Faria

Coletânea reúne oito HQs sobre a cultura que faz a cabeça de rappers do mundo todo

Em campanha de financiamento coletivo através do Catarse, a Editora Draco está fazendo uma pré-venda da antologia “Na Quebrada – Quadrinhos de hip hop”. A publicação reúne oito histórias de vinte páginas cada uma sobre rap, grafite, break e toda a cultura que nasceu nos guetos norte-americanos e agora conquista o mundo.

As histórias fazem um retrato do movimento e da vida de quem vive na periferia, dentre elas há um MC iniciante que descobre ter o dom da rima, um rapaz que vê a morte de todos em que toca, uma pick-up com propriedades especiais, uma b-girl com próteses cibernéticas, um rapper envolvido com uma seita cultista, uma guerra entre pixadores e muito mais.

O projeto foi idealizado e organizado por Raphael Fernandes (“Apagão”, “Ditadura No Ar”), que também é roteirista de uma das histórias. O time de autores foi formado por veteranos e novos talentos do quadrinho: Braziliano (“Periferia Cyberpunk”, “THC, LSD e PIXO”), João Pinheiro (“Carolina”, “Burroughs”), Cirilo S. Lemos (“Alienado”, “E de Extermínio”), Ramon De Leve (rapper – “O Estilo Foda-se”, “Manifesto ½ 171”, “De Love”, “Estalactite”), Giovanni Pedroni (“Space Opera em Quadrinhos”), Larissa Palmieri (“Hacking Wave”, “Delirium Tremens”), Vitor Flynn (“Xondaro”), Felipe Cazelli (“Signo de Câncer”), Marc Weslley, Alessio Esteves(“Zikas”, “Destination”), Felipe Sanz, Juliana Araújo (“Gibi Quântico”, “As Periquitas”) e Guabiras (“MAD”, “Zé de Aurim”, “Esgoto”). Além de Daniel Canedo (“A Teia Escarlate”, “Freakshow”), que fez a arte da capa.

Além dos quadrinhos, o volume conta com uma introdução de Alê Santos, contador de narrativas negras, e comentários do influencer Gil Santos (Load) e do rapper Rashid.

Entre as recompensas da campanha de financiamento coletivo estão um marcador de páginas, cartões postais, cupons de desconto na loja da Draco e o preço promocional de pré-venda para quem colaborar nos primeiros dias. Para saber mais informações e garantir seu exemplar, acesse http://www.catarse.me/naquebrada .

“Na Quebrada – Quadrinho de hip hop” tem 184 páginas em preto e branco, no formato 17 x 24 cm, papel pólen bold e capa em papel cartão de boa gramatura e com orelhas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Sobre a crença bastarda dos amores, por Romério Rômulo