Maradona/Nas abas do coração, por Romério Rômulo

Chegava ao campo de cena / Mijava logo na grama / Que a vida só vale a pena / Se tiver alguma lama.

Arquivo BBC

Maradona/Nas abas do coração

por Romério Rômulo

1.
Se eu fosse Maradona
Tudo virava poema
Eu fazia a maior zona
Com um O, um A e um trema.
2.
Chegava ao campo de cena
Mijava logo na grama
Que a vida só vale a pena
Se tiver alguma lama.
3.
Eu sei a culpa que tenho
E te dou mais atenção
Dançando um tango portenho
Nas abas do coração.

Romério Rômulo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Caindo no abismo sem fundo, por Sebastião Nunes

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome