quanto mais me darás? quantos amores?, por romério rômulo

Fotomontagem com obras de Leonid Afremov

Fotomontagem com obras de Leonid Afremov

quanto mais me darás? quantos amores?

por romério rômulo

são duros os porvires e as aguadas

naquelas pretas e tortas madrugadas.

 

o beijo que me deste vem de antanho

e traz toda a grossura de um rebanho.

 

fizeste um querubim na minha alma.

quanta ternura me deste, quanta calma

vinda do além e presa de estertores.

 

quanto mais me darás? quantos amores?

 

romério rômulo

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora