Salão do Livro traz a política para os debates

Jornal GGN – Em junho, São Paulo recebe a segunda edição do Salão do Livro Político, com foco na crise atual e a presença de Marilena Chauí, Vladimir Safatle, Ciro Gomes, Fábio Konder Comparato, entre outros. Os convidados irão fazer comparações entre os dias de hoje, o impeachment de Fernando Collor de Mello e os anos de chumbo da ditadura militar.

O evento também vai tratar da agenda conservadora que avança no país. Haverá mesas temáticas sobre a questão racial e de gênero, além de debates sobre as mídias independentes e o contraponto que elas representam à imprensa tradicional.

O mercado editorial também estará em foco, com apresentações sobre o desempenho econômico da literatura e sobre o surgimento de novos autores periféricos.

A programação ainda conta com projeção de curtas metragens, lançamentos com sessões de autógrafos e apresentações culturais. 25 editoras participam da feira de livros e oferecem diversos títulos com descontos de até 50%.

O evento será realizado de 1° a 3 de junho, das 11h às 22h, no Centro Cultural São Paulo, próximo à estação Vergueiro do Metrô. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

  1. O debate político no Brasil precisa melhorar muito

    Penso que sem um grande orgão de imprensa que banque a discussão e propicie ampla divulgação não teremos essa massa crítica por aqui.

    No debate que postei sobre a Europa e a eleição na Austria um dos comentaristas toca neste ponto [ https://jornalggn.com.br/usuario/alexandre-weber-santos-sp ], que o jornal é o responsável pelas mudanças no panorama político local.

     but for most reason austria has probably the most influental newspaper (per capita) in the world. THe “Kronen Zeitung” is usually read by 40 percent of austrian population. With a populistic, rightwing view the newspaper is mainly responsable for the current shift in the austrian political landscape

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome