A atuação do Greenpeace no Brasil e nos EUA

Do Portal de Luís Nassif

Do Blog de Rogério Maestri

Greenpeace, para Belo Monte eles se mobilizam, para a British Petroleum, não

Em diversos sites não ambientalistas está se divulgando a barbeiragem da BP (British Petroleum) que está provocando os maiores desastres ambientais nos USA, procurando nos sites do Greenpeace, tanto no Brasil (http://www.greenpeace.org/brasil/) como o internacional (http://www.greenpeace.org/international/) não vi referência nenhuma ao que está acontecendo.

Será que desastre ambiental provocado por ingleses não são tão importantes como possíveis danos que uma hidroelétrica Brasileira pode fazer ao meio ambiente. Se tivesse ocorrido um acidente com a Petrobrás e tivesse vazado 5% do que já vazou no Golfo do México, estes senhores do movimento ambiental internacional estariam com a boca no trombone.

Precisamos começar a tratar estes pseudo-ambientalistas como eles merecem.

PorPor ronan

Interessante colocação.
Mas sejamos honestos: pesquisei no google e achei algumas notícias sobre manifestações do Greenpeace contra a BP:
http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4440921-EI8141,00-…
http://www.greenpeace.org/brasil/pt/Blog/bp-e-a-histria-sem-fim/blo…

Apesar dessas manifestações, concordo com o Rogério:
a reação do Greenpeace é MUITO DESPROPORCIONAL ao estrago!!!!
Veja a comparação entre o vazamento atual da BP e o Exxon Valdez, que era o maior desastre ambiental dos Estados Unidos:
http://www.nwf.org/Wildlife/Wildlife-Conservation/Threats-to-Wildli…

O vazamento da BP corresponde a um Exxon Valdez a cada 5 ou 6 dias!!!!
E essa mancha de óleo se espalha. E todo mundo paga a conta.
E o Greenpeace só coloca uma bandeira no prédio da BP???

0,001 disso e nossa velha mídia, alinhada a interesses pouco nobres, já teria exigido a cabeça do Gabrielli. Já teriam tratado o Lula como um frouxo. Também acho que Greenpeace estava falando mais alto no caso de Belo Monte. Até o diretor do Avatar veio “salvar o mundo”.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador