A reciclagem de baterias

Por Paulo Roberto

Nassif,

Trabalho com telefonia rural e sempre estou substituindo baterias. Sempre digo ao cliente que estou levando as baterias porque estas não podem simplesmente ser atirada em um buraco. Explico que elas são nocivas ao meio ambiente. Hoje me encontro com pelo menos 50 kg de baterias e não sei o que fazer. Já entrei em contato com a prefeitura e em conversa percebi que eles iam jogar em qualquer lugar. Em conversa com um amigo que tem uma empresa de reciclagem de mercúrio de lampadas fluorescente ele me disse que recupera 95% do mercúrio que ia ser joagado na natureza. Disse, também, que a propria prefeitura não está preocupada com o lixo tóxico e que os funcionarios da limpeza quando recebe lixo separado, ou seja, lixo que não é lixo, eles dão uma olhada aproveitam alguma coisa de maior valor e depois misturam o restante com o lixo organico e manda para o aterro sanitário. Resumidamente as dona de casa separa o lixo reciclável e depois na prefeitura eles misturam com o lixo orgânico. Acho interessante desenvolver tecnologia para reaproveitar as baterias, até por questão de sobrevivência. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora