CDs e DVDs antigos podem descontaminar a água do esgoto

Jornal GGN – Pesquisadores da Universidade Nacional de Taiwan descobriram que CDs e DVDs antigos podem ser usados para purificar a água do esgoto, deixando-a própria para consumo. Além de aproveitar um tipo de resíduo encontrado em grandes quantidades no mundo, a técnica também usa poucos recursos, como nanobarras de óxido de zinco e raios ultravioleta.
 
Coordenada pelo físico Din Ping Tsai, a equipe usou a superfície dos discos como uma plataforma para aumentar o tamanho de barras de óxido de zinco, elemento de baixo custo que, quando exposto aos raios ultravioleta, é capaz de quebrar as moléculas orgânicas dos componentes que poluem a água do esgoto. A pesquisa sugere que o método é capaz de tratar 150 ml de água de esgoto por minuto. Em uma das experiências, os cientistas levaram cerca de uma hora para purificar 95% de uma solução de meio litro de corante.
 
Para aumentar a eficiência da purificação da água, os pesquisadores usaram um dispositivo que faz o líquido circular. Como os CDs têm capacidade de girar rapidamente, a água poluída escorre para o dispositivo e se espalha por uma superfície fina, pela qual a luz penetra, purificando a água.
 
Os cientistas de Taiwan não são os primeiros a filtrar a água com as nanobarras de óxido de zinco, que têm cerca de um milésimo da largura de um fio de cabelo. Mas esta é a primeira experiência que usa discos antigos durante o processo – o que viabiliza um bom destino aos cerca de 20 bilhões de CDs e DVDs produzidos em todo o mundo nas últimas décadas.

Veja o vídeo:

 
http://www.osa.org/Media_Library/SearchResultsVideo.aspx?id=2727057099001
 
Com informações do Greensavers

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome