Cruz e Sousa – O Poeta do Desterro

Cruz e Sousa – O Poeta do Desterro

por Almeida

Filme de Sylvio Back lançado em 1998, por ocasião do centenário da morte de Cruz e Souza, que nasceu nesta data, 24 de Novembro, no ano de 1861, em Nossa Senhora do Desterro, antigo nome da capital de Santa Catarina. A direção de arte coube a Rodrigo de Haro e a musical a Sílvia Beraldo. No elenco, Kadu Karneiro vive Cruz e Souza e Maria Ceiça faz Gavita.

A obra é um poema visual. Há uma apresentação sucinta, por letreiros, logo após as cenas iniciais do filme, da biografia do mais expressivo autor simbolista de nossa literatura, que nasceu numa família de escravos alforriados. No restante, o roteiro transcorre pela dramatização de poemas e cartas, em estrofes que compõem uma narrativa intensamente sensível da vida do Poeta do Desterro.

https://www.youtube.com/watch?v=UAch0UmQRwM&feature=youtu.be height:394]

  

Ciência & Letras – Cruz e Sousa

Do Canal Saúde Oficial:

“O apresentador Renato Farias conversa com o escritor, professor e biógrafo de poeta, Godofredo de Oliveira Neto; e Guilherme Araújo, doutor em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)”.

De lá pra cá – TV Brasil

[video:https://www.youtube.com/watch?v=gZvktE8Ammg

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Democratização da música, o grande legado de Benito Juarez

7 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome