Henrique Pinto, o Mestre dos Mestres

Por Alfeu

Mestre dos Mestres também foi o nome do álbum em homenagem a Henrique Pinto, lançado em 2011, um ano após a sua morte e que recentemente completou-se 5 anos. Aliás o título diz tudo o que ele representou para o violão no Brasil.                

Ele mesmo foi aluno de um destes, Isaías Sávio, mas ouvir o violão de Sérgio Abreu, do Duo Abreu, fez com que Henrique Pinto entrasse em contato com novas dimensões sonoras e técnicas do instrumento.

 Como professor, mais do que didáticas e metodologias, sempre esteve ao lado de seus alunos, conversando e  estimulando, mesmo quando muitos queriam desistir, mas o Mestre trazia todos eles, com essas conversas, de volta ao mundo das 6 cordas.

Dessa forma quando Henrique Pinto partiu, não se foi; deixou um pedaço de si em cada um de seus alunos.

                                        Paulo Porto Alegre – “Estudos”

https://www.youtube.com/watch?v=Gch3mcJDVIU align:center

                                           6 dos 10 Pequenos Estudos

+ info: http://www.violaobrasileiro.com/dicionario/visualizar/henrique-pinto

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Democratização da música, o grande legado de Benito Juarez

1 comentário

  1. Conheci e trabalhei com Henrique Pinto na Escola Municipal de

    Música de S.P.em 1997/98

    Pessoa educadíssima, correta, tratava seus alunos com enorme respeito.

    Convivi com ele, como assistente artístico, programando suas apresentações etc. etc.

    Sempre foi de delicadeza e altruísmo enormes.

    Soube tempos depois sobre sua morte- o que lamentei bastante.

    Seu violão, tocado junto com os alunos nas apresentações, não esquecerei, contudo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome