Parcerias de Pixinguinha e Benedito Lacerda, por Laura Macedo e Gilberto Inácio Gonçalves

por Laura Macedo e Gilberto Inácio Gonçalves

O objetivo deste post é destacar algumas das fecundas parcerias entre Pixinguinha e Benedito Lacerda

Alfredo da Rocha Viana Filho (1897-1973), o Pixinguinha é o maior chorão de todos os tempos. Compositor de música popular brasileira era também tenor, pianista, saxofonista, além de arranjador, e contribuiu diretamente para edificar o Choro como um gênero musical. Com ele o Choro adquiriu mais leveza, ritmo, graça e também a hábito do improviso.

Pesquisar a história do artista Pixinguinha equivale a um mergulho profundo nas raízes da Música Popular Brasileira e, ao emergir, constatar que a tradição do Choro só pode ser verdadeiramente estudada e compreendida se considerada em pelo menos duas grandes fases, ou seja, antes e depois do genial Pixinguinha.

Benedito Lacerda (1903-1958) ainda criança aprendeu a tocar flauta de ouvido. Já aos 17 anos, morando no Rio de Janeiro, estudou flauta sob a orientação de Belarmino de Souza, pai do compositor Ciro de Souza. Mas foi no Instituto Nacional de Música que se diplomou em “flauta e composição”. Em 1922 a 1925 integrou a Polícia Militar na Banda do Batalhão. A música falou mais alto em sua vida, em 1927, pediu baixa da corporação e passou a sobreviver da sua arte como instrumentista/compositor atuando em gravadoras, orquestras, cinemas e teatros.

Ambos os amigos, Pixinguinha e Benedito Lacerda, saíram de cena em pleno carnaval, deixando uma grande obra, até hoje, cultuada pelos amantes do “Choro” e da Música Popular Brasileira.

A viabilidade deste Post só foi possível com a participação do amigo pesquisador/colecionador de discos – Gilberto Inácio Gonçalves -, na edição dos vídeos. Canal no YouTube: Gilberto Inácio Gonçalves (AQUI).

Leia também:  A morte de Carlos Nobre Cruz escancara nossa pobreza, por Sidney Rezende

Separamos doze parcerias da dupla: Pixinguinha X Benedito Lacerda. Uma Delícia!

1 X 0” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0442-A) / Matriz (S-078543). Gravação (12/06/1946) / Lançamento (setembro/1946).

 

 

Segura ele” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0447-B) / Matriz (S-078520). Gravação (20/05/1946) / Lançamento (outubro/1946).

 

 

Naquele tempo” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0447-A) / Matriz (S-078519). Gravação (20/05/1946) / Lançamento (outubro/1946).

 

 

Vou vivendo” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.458-A) / Matriz (S-078521). Gravação (20/05/1946) / Lançamento (novembro/1946).

 

 

Urubatan” [choro estilizado] (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0534-A) / Matriz (S-078535). Gravação (04/06/1946) / Lançamento (agosto/1947).

 

 

Proezas de Sólon” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0534-B) / Matriz (S-078536). Gravação (04/06/1946) / Lançamento (agosto/1947).

 

 

Ingênuo” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0538-B) / Matriz (S-078538). Gravação (04/06/1946) / Lançamento (novembro/1947).

 

 

Os oito batutas” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0584-B) / Matriz (S-078735). Gravação (28/03/1947) / Lançamento (1948).

 

 

Sedutor” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0601-A) / Matriz (S-078861). Gravação (04/04/1949) / Lançamento (julho/1949).

Leia também:  A morte de Carlos Nobre Cruz escancara nossa pobreza, por Sidney Rezende

 

 

Soluços” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0654-A) / Matriz (S-078857). Gravação (04/04/1949) / Lançamento (junho/1950).

 

 

Marilene” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0669-B) / Matriz (S-078864). Gravação (05/05/1949) / Lançamento (julho/1950).

 

 

Vagando” (Pixinguinha/Benedito Lacerda) # Pixinguinha (saxofone) / Benedito Lacerda (flauta) e Regional. Disco RCA Victor (80.0746-B) / Matriz (S-092817). Gravação (26/12/1950) / Lançamento (março/1951).

 

 

_____

Agradecimentos especiais ao pesquisador/colecionador de discos/amigo – Gilberto Inácio Gonçalves – pela parceria. Valeu!

______

 

************

Fontes:

– Acervo Nirez: Foto inicial do post.

– Dicionário Cravo Albin da MPB/Verbetes: Pixinguinha (AQUI) / Benedito Lacerda (AQUI).

– Outras fotos: Acervo pessoal/Internet.

– Site YouTube / Canal: “Gilberto Inácio Gonçalves” (AQUI).

************

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

5 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome