Inflação está sob controle, diz Dilma

Mais um elemento para ser avaliado na bolsa de apostas sobre os resultados da reunião do Copom que começa amanhã: a presidenta Dilma Rousseff disse, em discurso feito ontem em seminário do PT, que a inflação está sob controle e deve cair nos próximos meses. O discurso de Dilma, no segundo seminário do PT sobre os 10 anos de governo sob o comando do partido, pode reforçar a posição dos que apostam na manutenção das taxas básicas de juros, a despeito das pressões para que o Copom inicie a elevação das taxas, em trajetória de queda há 21 meses.

 “A inflação de março foi menor que a de fevereiro, e a de fevereiro tinha sido menor que a de janeiro. A inflação, quando olho para frente, ela está em queda, apesar do índice anualizado do ano ainda estar acima do que nos queremos alcançar, do que nos queremos de ideal”, disse a presidenta. “Os alimentos também começaram a registrar, mesmo com todas as tentativas de transformar os alimentos no tomate, os alimentos começaram uma tendência a reduzir de preço”, concluiu.

Os repiques nos índices inflacionários chegaram a acender o alerta no governo, mas na última semana houve uma “rearrumação” nas avaliações internas sobre o real risco de descontrole inflacionário. Dilma ampliou as consultas para economistas de fora do governo. Ela e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, passaram a tentar atuar sobre as expectativas de mercado, com declarações públicas sobre as tendências declinantes dos índices de preços. No final de semana, Mantega deu uma entrevista exclusiva ao jornal O Estado de São Paulo, onde afirmou que “a inflação não precisa de tiro de canhão.”

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome