A morte de Ezequiel Neves

Ministro da Cultura lamenta morte de Ezequiel Neve

sestadão.com.br

SÃO PAULO- O Ministro da Cultura, Juca Ferreira, lamentou nesta quarta-feira, 7, a morte do produtor e jornalista Ezequiel Neves, que ajudou a revelar Cazuza e faleceu no mesmo dia do aniversário de 20 anos de morte do cantor.

Em uma nota de pesar, Juca afirma que “a morte de Ezequiel abre um vazio doloroso.” Segundo o ministro, Ezequiel, “como compositor, ajudou a firmar nosso roqueiro trágico (Cazuza) como um dos grandes cronistas contemporâneos do amor e dos impasses, impasses inclusive sociais.”

De acordo com Juca, a parceria com Ezequiel permitiu a Cazuza atingir “a amplitude emocionante em suas crônicas musicadas”, como em Exagerado, “que paro agora para ouvir, enquanto homenageio, junto aos familiares, amigos, músicos e fãs, o grande artista que acabamos de perder.” 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora