Não apressem a fabricação da vacina, por Gustavo Gollo

Enlouquecidos pelo confinamento e à beira do pânico em face da mortalidade do coronavírus (estimada em 0,22%), ansiamos por uma vacina para a doença, mas não podemos permitir que o desespero nos roube a sanidade. A tecnologia de fabricação de vacinas é hoje bastante conhecida, relativamente banal e dominada por muitos. Assim sendo, por que … Continue lendo Não apressem a fabricação da vacina, por Gustavo Gollo