Home Blogs Blogs GGN Operação noite das facas longas, sem facas, sem fascistas de raiz, mas meros palhaços.

Operação noite das facas longas, sem facas, sem fascistas de raiz, mas meros palhaços.

Parece que está se definindo algo bem mais pesado do que se pensa, uma operação noite das facas longas cabocla que não necessitará de facas.

Como em todo regime fascista, há o momento da operação de eliminação dos elementos que deram base à subida do líder, colocando para o lado os elementos mais esquisitos e deixando a sala livre para os adultos fascistas tomarem conta.

Após a chegada ao poder de todo o líder fascista, a grande burguesia e as forças armadas precisam retirar de volta do poder elementos mais ligados ao líder de extrema direita que fizeram todo o serviço sujo e dar continuidade do golpe com elementos aparentemente mais limpinhos.

Figuras completamente irrelevantes para a política brasileira e para o poder brasileiro, verdadeiras subcelebridades fascistas da direita e próximas ao atual ocupante da cadeira da presidência da república, estão sofrendo a sua noite das facas longas sem facas. Ou seja, diferentemente com o que foi feito com Hitler que possuía uma tropa de camisas marrons que eram poderosas e desbalçavam o poder do da falecida República de Weimar, e como solução o próprio líder teve que providenciar o assassinato dos líderes das Sturmabteilung, no Brasil está se providenciando algo semelhante porém com a mínima intensidade. Ou seja, se retira parte do núcleo básico do bolsonarismo de raiz dos holofotes, deixando somente seus aliados não muito ocultos continuar o verdadeiro golpe fascistas.

Essa limpeza de pessoas totalmente vulneráveis a qualquer movimento mais poderosos, dão duas vantagens ao prosseguimento do verdadeiro golpe fascista, retiram os patéticos membros das “milícia digitais” perseguem e eliminam alguns políticos do futuro partido de apoio ao ocupante da cadeira da presidência da república que nunca existiu e abre-se a temporada de caça a esquerda utilizando os mesmos mecanismos que estão sendo utilizados contra os protofascistas que foram burros suficientes para apostar na capacidade de um imbecil incapaz que nunca fez nada real do que ele sonhou durante anos fazer.

Ou seja, aqueles que tinham tanto medo de um autogolpe feito por alguém que nem entendeu como foi enrolado por seus aparentes aliados de farda e sem farda no congresso, cuidado pois agora que para a maioria que começará o perigo.

Quem é de uma esquerda real, não cirandeira, e que pretendem fazer algo real em termos políticos a esquerda, que agora fiquem com medo, pois estamos no momento o amadorismo acabou e os verdadeiros profissionais golpistas de extrema direita, estão chegando ao ponto desejado.

A pergunta que se pode fazer é o por que exatamente nesse momento que se tirou a base do palhaço que pensava que estava no controle?

Muito simples, a decadência do capitalismo turbinada pela pandemia levará um recuo na economia como jamais visto no mundo e principalmente no nosso país. Para superar essa crise imensa, só será possível adotando políticas econômicas que levem a super exploração da classe trabalhadora a níveis insustentáveis, não será uma bolsa família turbinada ou um programa de investimento público ridículo, como proposto pelo general na fatídica reunião que vão inverter a degringolada da renda não só da classe trabalhadora, mas também da proletarização de todas as classes intermediárias associadas ao Estado e os pequenos e médios empresários brasileiros. Ou seja, a quebradeira das empresas será a discussão nos próximos meses e junto com isso a entrada do capital estrangeiro para comprar a preço de banana não só o patrimônio público, mas também empresas insolventes brasileiras simplesmente para na maioria dos casos fechá-las.

Para evitar no início uma maior discussão e revolta sobre o que ocorrerá no futuro bem próximo, será providenciado uma espécie de renda muito mínima que não deixe o povo morrer de fome. Talvez até setores ditos progressistas ou mesmos políticos que já foram de esquerda e que no momento são simpáticos velhinhos em decadência, poderão ser enrolados e embarcar neste embuste.

Porém rapidamente uma inflação criada pelo dinheiro atirado de helicóptero, que está sendo feito em todo o mundo, vai corroer essa renda muito mínima, tirando a capacidade de sobrevivência de grande parte da população mais pobre.

Esse caldo de cultura para a desgraça da maior parte da população brasileira, será um impulso a constituição de movimentos de contestação mais vigorosos que deverão ser aniquilados, antes ainda se tentará uma satisfação ao povo em geral, oferecendo na bandeja a cabeça de quem não tem nada dentro dessa. Posteriormente poderá se tentar uma saída com falsos amigos do povo. Quando nada mais dar certo e tudo estiver pronto para uma saída totalitária tipo fascista ela virá.

Resumindo, se acham que já estamos no fundo do poço, não se enganem ainda há muito mais a cavar.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

GGN
Sair da versão mobile