O futebol como instrumento político ou como símbolo da renovação fascista, as mais variadas manifestações de jogadores e torcida

Em tempos de copa do mundo: O Futebol analisado sob outra ótica
 
O futebol como instrumento político ou como símbolo da renovação fascista, as mais variadas manifestações de jogadores e torcidas.

As recentes explorações da xenofobia e racismo contra jogadores de futebol negros e estrangeiros (não europeus) na Europa, demonstram o uso inadequado do esporte como elemento desagregador, acima de tudo, pelo discurso da pretensa “superioridade” de um povo sobre outro.

Desde as inspirações fascistas da squadra azzurra de 1938, instigada por Mussolini, uma triste lembrança em meio ao título foi o uso do uniforme totalmente preto, a cor do fascismo na partida com os anfitriões franceses, até os cantos racistas de torcedores espanhóis e italianos contra jogadores estrangeiros, infelizmente mostram que o preconceito e idéias atrasadas rondam o futebol.

Leia Mais

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora