Gafe internacional: Bolsonaro faz tradução errada do espanhol e é corrigido por jornalista

Jornal GGN – Eduardo Bolsonaro cometeu uma gafe em nível internacional nas redes sociais e acabou corrigido pela jornalista Alícia González, do El País, nesta quarta (23).

Para sutentar que a imprensa persegue seu pai, Eduardo Bolsonaro publicou uma montagem com as manchetes do El País espanhol e a versão brasileira do jornal. As duas matérias foram assinadas por Alícia, mas os títulos, para Bolsonaro, pareciam destoar completamente. 

Na versão brasileira, o título dizia que o discurso de Jair Bolsonaro em Davos foi decepcionante. No Espanhol, o verbo “anima” confundiu Eduardo, que achou que o presidente havia literalmente animado os investidores.

“Mesmo jornal, mesma fonte, mas uma tremenda diferença no título que vai para o Brasil do título que vai para a Espanha…”, escreveu Eduardo em suas redes sociais.

A jornalista respondeu pelo Twitter: “Senhor @BolsonaroSP, você está fazendo uma tradução ruim do espanhol, um falso cognato. ‘Anima’ significa pede, não convencer os investidores. Saudações.”

A manchete, portanto, dizia que Bolsonaro pede aos executivos que invistam no Brasil.

O erro de Eduardo foi reproduzido pela conta de Jair Bolsonaro no Instagram.

Leia também:  19 imóveis, R$ 9 milhões: MP indica como Flávio teria lavado dinheiro

35 comentários

  1. Sem querer corrigir a

    Sem querer corrigir a tradução, mas já corrigindo: Melhor trocar o “falso amigo” por “falso cognato”.

    Falsos cognatos (false friends em inglês) são aquelas palavras que possuem escrita similar com o português, porém significados bem diferentes, como é o caso. ;-D

  2. ele tem razão

    Mesmo que “anima” não tenha o sentido que Júnior espera, as manchetes são bem diferentes. Se o texto é o mesmo, pode-se dizer sim que uma foi moldada para o público do Brasil.

    • “as manchetes são bem

      “as manchetes são bem diferentes”:

      Nao, nao sao. “Animar” eh “exortar”:  ponto final.

      E por sinal…  Os “investimentos” dos estrangeiros no Brasil fascista virao SOMENTE do governo dos Estados Unidos.  Ninguem mais.

  3. ele tem razão

    Mesmo que “anima” não tenha o sentido que Júnior espera, as manchetes são bem diferentes. Se o texto é o mesmo, pode-se dizer sim que uma foi moldada para o público do Brasil.

  4. Para os eleitores da quadrilha
    Bozo da zapzapsfera, o Ed Bozo terá sido um perspicaz descobridor de mais um conspirador socialista infiltrado na versão brasileira do El País.

    Se, um dia e por um azar qualquer, vierem a tomar conhecimento do tapa de luva em forma de esclarecimento da jornalista autora da matéria, não terão dúvida:

    “É feiquiniu de petista, sô, jornalista é tudo uns bosta.”

  5. “Extra Extra!  Acharam Mais

    “Extra Extra!  Acharam Mais Uma Coisa da qual Bolsonaro Nao Entende Patavinas!

    Extra Extra!!!!”

  6. Bozos, homens de curtura
    Certamente eles traduziram they pretend to be our friends como eles pretendem ser nossos amigos em vez de eles fingem ser nossos amigos.

  7. Que ridículo!

    Tradução ruim do inglês X tradução ruim do espanhol.

    Essa briga esquerda X direita cada vez mais insuportáve e o país que se danel. Estão disputando quem ganha no quesito ignorância”?

    De qualquer forma, as manchetes têm sentidos diferentes mas não são responsabilidade da autora do texto e sim do “mancheteiro”.

     

    • Pois é
      O tradutor do google não traduziu certo. Outro dicionário online em espanhol também não mostrou o significado que a repórter disse.
      Este erro do bozo não foi grande coisa mesmo não.

    • perfeito colega… 
      uma

      perfeito colega… 

      uma disputa completamente infantil e inútil, uma opção tentando desmoralizar a outro o tempo todo.

      não é construtivo, não é edificante, não é do bem, não ajuda nem melhora em nada nosso país.

      são apenas egos ordinários nada sublimes,

      de pessoas pequenas sem nenhuma altivez.

  8. Gafe bolsonária

    A jornalista foi corretíssima. Seu texto foi em ilnglês e “false friend”, “faux amis” em francês e “falsos amigos” em espanhol, é uma expressão que corresponde a falso cognato em Português…

    • O que, mesmo assim, não seria

      O que, mesmo assim, não seria motivo pra traduzir a palavra para “decepciona”. Pode ser falso cognitivo, mas definitivamente não quer dizer “desanima”.

      • O significado que ela quis
        O significado que ela quis passar em espanhol não foi “decepciona” e sim “pede” tá escrito na resposta dela em inglês.
        A frase ficaria “Bolsonaro pede que os executivos de Davos invistam no novo Brasil”

      • Não são traduções uma da

        Não são traduções uma da outra, são títulos diferentes, só que ao contrário do que o Eduardo entendeu, não são excludentes. Em espanhol está “Bolsonaro PEDE a investidores que invistam no novo Brasil”. As chamadas são diferentes, mas cada uma delas destacando um ponto do MESMO texto. A questão é que a chamada vai ser de acordo com o que cada um dos grupos de leitores (países) estará mais interessado: para nós, curto e grosso, se ele foi bem ou não em Davos, aos Europeus o que ele fez de interessante por lá (afinal, não é o governante deles).
        Lembrando: a matéria é exatamente a mesmo no corpo.

  9. Não é bem assim
    Primeiro: animar é uma palavra polissêmica, ou seja, tem vauos ignificados. Um deles o que a jornalista disse e outro o que Flávio entendeu. Mesmo em português esta palavra tem estes siggnificados.
    Segundo:animar a pesar de ser polissêmica não significa dessepcionar em nenhum dos significados.
    Terceiro: será que Flávio ae enganou mesmo? O que ele apontou foi que a mesma matéria está diferente nas versões em português e em espanhol e está mesmo.
    Joke is on her.

    • Como levar a sério uma
      Como levar a sério uma explicação de tradução de um cidadão que escreve deSSepcionar.
      O Sr. Devesa passar no crédito ou débito essa vergonha?

      Fiquei deCepcionado com seu comentário.

    • E como é?

      Caro Pedro: devo confessar sou pouco versado em línguas estrangeiras. Na verdade, só consigo balbuciar algumas palavras na de PeroVazdeCaminha, “ùltima for do Lácio, inculta e bela”, que o Brasil pegou emprestado e nunca devolveu pros gajos. Assim mesmo, mal e porcamente.

      Fosse em Tupy, Tapuia ou Nuaruaque eu poderia arriscar palpite. Mas, na do pessoal do hemisfério norte, nequinha. Portanto, tô fora desse gramatiquês.

      Porém, penso que em sua boa colocação faltou um detalhe importante.

      Se foi a própria autora do texto que contestou (na língua de Shakespeare) a “montagem” feita por daBalinha (na língua de Cervantes), tirante o título da matéria, o texto tá diferente? Porque “título” é mero chamatório a determinado público. Espanhol gosta de touradas, nós, de samba.

      Há diferença no corpo da matéria, em ambas edições?

       

  10. A famiglia Bozzo não conhece

    A famiglia Bozzo não conhece nem a lingua portuguesa básica que dirá o espanhol.

  11. O Bozzo pai perguntou aos

    O Bozzo pai perguntou aos seus asponesp (assessores de p. nenhuma especial) se trilionário e bilionário se escreviam com “h”, imaginem se vai entender espanhol.

  12. Assis Chateaubriand

    “Cavalo, retorne aa estrebaria”.

    Chateaubriand usou essa expressão grosseira num telegrama para manifestar sua raiva a um jornalista incompetente que foi furado numa cobertura internacional. 

    Mas se aplica bem a certos presidentes latino americanos…..rs

     

     

  13. Ánima=pede

    Bem nos dicionários que consultei, “anima” (como verbo) tem sentido de “encorajar” e “incentivar” e não de literalmente “pedir”.

    É como fazemos por aqui no Brasil, tu chama um amigo pra sair e diz “Tu vai na parada lá? Anima aí, porra!”

    Nesse caso, você está incentivando, encorajando, mas não literalmente pedindo.

     

    Usando um dicionário espanhol eu entenderia “Bolsonaro encoraja investirores a investir no Brasil”.

    • Por isso é um erro não apenas

      Por isso é um erro não apenas de tradução mas também de conhecimento da própria lingua portuguesa. A frase Bolonaro anima investidores… em lingua portuguesa traz um duplo sentido que não existe em espanhol. Em portugues poderiamos inferir exatamente que bonoro ainda tenta encorajá-los bem como que os investidores já estão animados. Por isso ao traduzir as escolhas léxicas e semanticas são tão importantes, ao trocar anima por encoraja o sentido já é muito mais próximo do que foi escrito na lingua espanhola. Também fico na dúvida se pode ser considerado um falso cognato, já que o significado do verbo anima é bem próximo no portugues e no espanhol, é mais uma questão de desconhecimento das linguas em uso.

  14. Má fé no jornalismo
    A mesma frase do titulo mas outra tradução. Pra vcs verem que foi de má fé mesmo… ES: “Bolsonaro ha animado a los inversores a apostar por el nuevo Brasil libre de corrupción y se ha comprometido con la apertura comercial y económica de la primera economía latinoamericana.”https://elpais.com/economia/2019/01/22/actualidad/1548180154_823650.html BR: “Bolsonaro estimulou os investidores a apostarem num novo Brasil livre de corrupção e se comprometeu com a abertura comercial e econômica da maior economia latino-americana.”https://brasil.elpais.com/brasil/2019/01/22/economia/1548182020_953667.html

     

  15. Ou seja enganar brasileiros é

    Ou seja enganar brasileiros é fácil mas enganar espanhóis já não dá para arriscar né…

  16. Um não é tradução do outro.

    Errado é quem quer traduzir tentando igualar as matérias. São matérias diferentes falando de Davos mas de assuntos diferentes. Em português a matéria fala sobre a falta de detalhamento dele para explicar como irá alavancar a economia do país e segunda matéria em espanhol fala de como ele tentou incentivar grandes empresas a investir no Brasil partindo de agora. Errado ele em traduzir (são matérias diferentes) e inclusive a jornalista já corrigiu ele gente. Jornalista bem antenada com a repercussão das suas matérias.

  17. Não, Anima não é Falso Cognato!

    Ela realmente quis fazer uma matéria com teor dúbio para causar esse tipo de reação. Horrivel isso, deveria passar uma mensagem cara e inteligível até com tradução no google tradutor. Para que ainda tem dúvidas, alem de já ter olhado em dicionários, gramáticas, listas de falsos cognatos e como funcionam, aqui vão duas matérias, da própria jornalista em questão, em que ELA usa ANIMA com o sentido de animar/encorajar/incentivar, mesmo: 

    https://elpais.com/economia/2016/01/19/actualidad/1453221447_841850.html

    https://elpais.com/internacional/2014/10/29/actualidad/1414611145_974772.html

     

     

  18. Conjugación del verbo animar segun lá Real Academia Española
    Conjugación del verbo animar, según la RAE, Real Academia Española.

    animar

    Del lat. animāre.

    1. tr. Infundir vigor a un ser vivo.

    2. tr. Infundir ánimo o energía moral a alguien.

    3. tr. Incitar a alguien a una acción. Le animó A ir al cine.

    4. tr. Dar vida o animación a una obra de arte.

    5. tr. Comunicar a una cosa inanimada vigor, intensidad y movimiento.

    6. tr. Dar movimiento, calor y vida a un concurso de gente o a un paraje. U. t. c. prnl.

    7. tr. Dicho del alma: Dar vida al cuerpo.

    8. intr. desus. Vivir, habitar.

    9. prnl. Cobrar ánimo y esfuerzo.

    10. prnl. Decidirse, determinarse a hacer o decir algo. Se animó A venir.

    http://www.rae.es

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome