Demitida assessora da Petrobras, alvo de delação da Folha

Percebe-se a consolidação do clima de fascismo no país quando há uma naturalização dos piores instrumentos policialescos, como a deduragem.

É o caso da funcionária da Petrobras Regina de Luca. Ela era gerente de Inteligência e Segurança. Foi convidada para o cargo por Pedro Parente. 

Este ano, estrelou um comercial da Petrobras, no qual a companhia narrava seus esforços para extirpar a corrupção que se instalara nela.

A participação de Regina foi alvo de uma reportagem da Folha de S. Paulo, com o sentido explícito de delação. A única justificativa para a matéria era o cargo que ela havia ocupado no governo Dilma. Funcionária de carreira, antes disso havia sido Secretária de Segurança Pública do Ministério da Justiça no governo Dilma Rousseff. Era um cargo eminentemente técnico, sem nenhuma vinculação política. E Secretária de Segurança Pública não é cargo de assessoria da Presidência. O título já denotava a má fé da reportagem.

No pé da matéria a ressalva hipócrita que, por si, justificaria a não publicação da matéria.

A Petrobras diz que, na peça, a casa a que Regina se refere é a própria companhia, e não qualquer partido, e que ela passou por todas as exigências da empresa, como investigação interna que não identificou nenhuma circunstância que a desabonasse.

Ou seja, não havia nenhuma justificativa para a reportagem, a não ser expor uma funcionária pública exemplar. E a reportagem foi publicada no dia 10 de novembro de 2018, quando já se desenhava a caça às bruxas,

Qual a consequência da reportagem na vida da pessoa? A consequência óbvia:

 

 

9 comentários

  1. Caro Nassif, estamos

    Caro Nassif, estamos acompanhando passo a passo o avanço do fascismo no país. A folha de S. Paulo voltou a servir aos ditadores de plantão, depois de participar do golpe de Estado. A regressão ao estado da barbárie é definitiva.

  2. Brasileiro revelado
    Efetivamente aquela estória de brasileiros serem o melhor povo do mundo, da paz e etc etc..era efetivamente estória.
    Na história estamos vendo um povo atrasado nos primórdios da educação política, facilmente manipulado pelo analfabetismo funcional até de grande parte da chamada “elite”.
    O mau caratismo de nossos políticos, de nossa grande mídia, de enorme parcela do empresariado está aflorada e levando o país a um retrocesso total, pois não adianta o 1% estar bem possuindo enorme parcela fas riquezas…isso não define desenvolvimento e muito menos justiça social e igualdade jurídica.
    Pobre dessa geração que vai conviver com esse período de FACISMO sim.

  3. Zelosos

    Qualquer ligação com governos petistas serve para incriminar uma pessoa. Pensei no jornalismo janjão, mas acho que é o jornalismo jaba mesmo. E anti-esquerdopata primario. 

    Se o Ministério Publico e o zeloso Moro quisessem poderiam investigar de quantos zeros se fazem um escândalo de primeira pagina nos veiculos de comunicação. E a lavagem de dinheiro, claro. 

  4. Pois bem, em essencia, qual a
    Pois bem, em essencia, qual a diferença entre folha de sao paulo e os boçalnaros? Macartismo é sinonimo de mau caratismo. É desse mesmo material que ambos sao feitos.

  5. Folha sicofanta
    sicofantasubstantivo de dois gêneros1.POR EXTENSÃOaquele que delata; acusador.2.POR EXTENSÃOaquele que presta informações falsas; caluniador, mentiroso.  

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome