Equipe da Globo corta entrevista e discute com moradores de Mariana

https://www.youtube.com/watch?v=vAwniVXT35A width:700 height:394

Jornal GGN – Uma equipe de reportagem da Rede Globo escalada para cobrir desastre que ocorreu em Mariana (MG) no início do mês, após o rompimento de uma barragem de responsabilidade da mineradora Samarco, cortou a entrevista que fazia com um modador local e, depois de cobrada, acabou discutindo com outros munícipes por causa disso.

No vídeo, a repórter é questionada por ter suspendido o depoimento de um morador a partir do momento em que ele dizia que o caso de Mariana já era previsto pela própria Samarco, que foi multada pelo governo federal e teve bens bloqueados para ajudar as vítimas. Outra pessoa passou a falar, em tom alto de voz, que a “tragédia era anunciada” e, segundos depois, o operador de câmera deu um toque na jornalista, que retirou o microfone.

Após gestos irônicos, a equipe da Globo justificou no vídeo que já havia entrevistado aquela fonte “por muito tempo” e sustentou que suspendeu o depoimento apenas para trocar o “disco” da câmera, pois o espaço para gravações havia acabado. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Não é só incompetência, Bolsonaro age com intenção de disseminar mais o vírus, diz jurista

31 comentários

  1. Conta outra ….
    Faz tempo

    Conta outra ….

    Faz tempo que os jornalistas da globo abriram mão de fazer jornalismo.

    Se for prejudicar de qualquer forma anunciantes das organizações globo a ordem para os sabujos é evitar fatos opiniões e principalmente fatos que joguem um pouquinho de luz sobre os responsáveis.

  2. Quem é a reporter?

    Quanta arrogância dessa global!!

    Reparem nas caras de nojo que ela faz ANTES de ser abordada pela mulher que questinou a interrupção…

    Várias caretas… boquinha torta… bem como o Simão diz ‘cara de nojo de nóis’

  3. tem que por os sabujos pra correr……..

    tem que por os sabujos pra correr………..

    dar entrevista pra globo é perda de tempo.

  4. A rede Globo ainda é uma

    A rede Globo ainda é uma instituição poderosa, mas já entrou em fase de ruina. A arrogância de seus donos rodeados de puxa sacos é que não os deixa ver isso.

  5. O que me chamou atenção foi a

    O que me chamou atenção foi a postura agressiva da reporter (assim interpretei).

    Chega a ir para cima de mais de um dos interlocutores.

  6. GLOBO EM MARIANA

    Me parece que acabou o disco mesmo. Não vi nada demais. Pior seria se a reporterer continuasse com o microfone sabendo que o disco acabou. 

  7. Os mineiros (e sou um deles)

    Os mineiros (e sou um deles) estã o aprendendo a se indignar e ‘chutar o pau da barraca’. No Rio, terra natal do império dos Marinho, equipes da globo são hostilizadas em bairros pobres da periferia, da  Baixada, nas favelas… Bete Luchese que o diga. Quem agredita no que é noticiado nos telejornais da globo é o perfeito midiota. Se algum leitor do blog, na juventude, participou de alguma manifestação estudantil e depois assistiu ao que foi mostrado nos telejornais globais, terá constatado que os fatos são torcidos e distorcidos e que NUNCA a realidade factual é mostrada na tela. Em manifestações estudantis ou de outros movimentos sociais é comum a infiltração de policiais, instigando a violência e a depredação de patrimônio público e privado, para depois justificar a repressão pela tropa de choque. A globo sempre está lá, para criminalizar os movimentos sociais e estudantis, omitindo a violência e os crimes cometidos pela polícia.

  8. Globo escolhe o seu lado

    Hoje pela manhã no programa da Ana Maria Braga passaram uma reportagem sobre o Estado Islâmico e disseram que as armas deles foram conseguidas com assaltos à bancos e sequestros mas em nenhum momento disseram que a maioria das armas foram doadas pelos americanos ao xiitas, e que os zunitas tomaram deles, além das doadas diretamente, para enfraquecer a Síria. Da mesma forma como agora estão armando, para lutarem contra os sírios, mercenários da armênia, china, ucrânia e outros países da periferia russa. Daqui a pouco vão reclamar que temos um estado islâmico internacional. Mas a Globo sempre do lado dos americanos e dos poderosos.

    • Não contaram que o governo

      Não contaram que o governo francês doou armas aos sírios burlando embragos ao país e que a estratégia era provocar um conflito interno até que a comunidade internacional tivesse duas oções: legitmiar o govarno sanguinario do ]assad ou o do ISIS..

  9. Princípios Editoriais do Grupo Globo

    (http://g1.globo.com/principios-editoriais-do-grupo-globo.html)

    1) Diante das fontes:

    (…)

    c) O respeito e a transparência devem marcar a relação dos jornalistas com suas fontes. Quando indagado por elas sobre o destino da informação que acaba de lhe dar, o jornalista deve responder com a exatidão possível;

    (…)

    2) Diante do público:

    a) O público será sempre tratado com respeito, consideração e cortesia, em todas as formas de interação com os jornalistas e seus veículos: seja como consumidor da informação publicada, seja como fonte dela;

    Como vimos no vídeo acima, esses princípios encontram-se impressos no papel higiênico usado nas dependências da Globo…

  10. Essa repórter, Izabella

    Essa repórter, Izabella Scalabrini, é casada com um dos diretores da Globo Minas. Alguém “engole” essa desculpas de que o disco de gravação já estava completo? SÃO CÍNICOS.

  11. Bobagem

    Bobagem, a imagem mostra claramente que a entrevista foi interrompida por causa da troca do disco da câmera, ainda que essa interrupção tenha ocorrido de forma brusca, desrespeitosa e sem dar explicação ao entrevistado, que parece ser pessoa simples.

    Ademais, as entrevistas, por não serem ao vivo, a equipe não precisaria censurar nada, e os moradores poderiam falar à vontade o que quisessem, pois se sabe que antes de o material ir ao ar, o mesmo é EDITADO e aí nada que não interesse à Globo costuma ser exibido.

    • Então explique também por que

      Então explique também por que a reporter deixou o senhor continuar falando e não teve a delicadeza e o profissionalismo de pedir que ele aguardasse a troca do rolo.

      É óbvio que a filmagem foi interrompida por causa da reclamação do senhor. Se o fim da fita veio a calhar, é irrelevante.

    • Bobagem, o quê?

      O engraçado é acharmos que o que aconteceu foi apenas um troca de fita, disco, CD-r,  justamente em frente de quem: um morador simples, que perdeu tudo, e começou, de um modo simples, a pedir socorro, a denunciar a uma rede Bobo, que a situação sempre foi alarmente atéa empresa sabia, e bruscamente corta sem dar um sinal de desculpa. Ah, ele era da ralé, não precisa disso, já esta acostumado. João faça um pesquisa no Youtube e vai ver quantos cortes bruscos a rede bobo andou fazendo, até o Hermeto Pascoal sofreu isso e tomou o microfone e denunciou essa vergonha e desrespeito com o brasileiro, com a dor do brasileiro, eles não estão nem aí, viu a atitude da reporter (normal né!). Deu com os ombros.

  12. mas são muito burros,

    gravem os exaltados, se calhar eles dizem uma bobagem. daí pode usar os 50 tons de ironia, apontar como contraponto entre um cidadão que calmamente diz que ‘sentiu até o tremor de terra e espera que o governo de um jeito na situação’ e aponte os revoltados que querem por a pobre mineradora como culpada por esse acidente inevitável.

  13. Uma boa spolução para a arrogância da repórter

    Uma boa solução para a arrogância da repórter seria um popular alí presente pegar um balde de lama do rio e emerdalhar a trupe global.

    Aí sentiriam realmente a gravidade do problema pelo qual estão passando os atingidos por este crime ambiental gravíssimo perpretado pela Samarco/Vale que já foi do Rio Doce. Literalmente sentiriam na pele a cagada da Samarco/Vale.

    A população de GV está sem água,e, por consequência, sem esgoto. O risco de doenças que esta catastrófe anunciada irá causar ainda não foi avaliado e sequer mencionado por esta mídia podre do Brasil.

    Muitos dos seus habitantes que tiravam seu sustento do Rio Doce, e hoje, desesperados e desesperançados, vêm  o féretro de toneladas de peixes mortos descendo o rio morto, impotentes, sem ter o que fazer. Quem lhes garantirá o sustento? Espero que não sejamos nós Brasileiros a sermos solidários, sem ter, no meu caso e, creio eu, da maioria, uma única ação dessas duas companhias. Da australiana, nem se fala.

    Já ví para incidentes ambientais, infinitamente menores, onde duas tartarugas marinhas se engancharam numa grade de um sistema de resfriamento de uma planta industrial aqui na costa da região Sudeste, ocasião na qual o responsável pelo empreendimento recebeu uma carinhosa visita de policiais armados até os dentes em sua sala por este fato. Que pena o Rio Doce não ter tartarugas marinhas nos seus 800 km de extensão, pois curimatãs, piaus, dourados, surubins, cascudos e outros tantos, parece que não contam. Ah!, sim! A população ribeirinha também é um mero detalhe neste contexto………….

     

     

  14. Enquanto isso uma terceira
    Enquanto isso uma terceira represa pode se romper a situacao e critica. Bombeiros sobrevoaram a regiao e a represa apresenta erosao.

  15. Eu sempre detestei essa
    Eu sempre detestei essa Isabella. Ela só fala aham, fica rindo o tempo todo e faz umas perguntas ridículas aos entrevistados. A Globo sempre foi parcial, os jornais não tem credibilidade,mas, sem a Isabella fica menos ruim.

  16. Eu sempre detestei essa
    Eu sempre detestei essa Isabella. Ela só fala aham, fica rindo o tempo todo e faz umas perguntas ridículas aos entrevistados. A Globo sempre foi parcial, os jornais não tem credibilidade,mas, sem a Isabella fica menos ruim.

  17. Eu sempre detestei essa
    Eu sempre detestei essa Isabella. Ela só fala aham, fica rindo o tempo todo e faz umas perguntas ridículas aos entrevistados. A Globo sempre foi parcial, os jornais não tem credibilidade,mas, sem a Isabella fica menos ruim.

  18. Eu sempre detestei essa
    Eu sempre detestei essa Isabella. Ela só fala aham, fica rindo o tempo todo e faz umas perguntas ridículas aos entrevistados. A Globo sempre foi parcial, os jornais não tem credibilidade,mas, sem a Isabella fica menos ruim.

  19. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome