Estadão atropela Justiça e quebra sigilo do filho de Lula

Jornal GGN – Os advogados de Lula já soltaram nota em resposta à matéria do Estadão publicada hoje (31), que acusa Luís Cláudio Lula da Silva, filho mais novo do ex-presidente, de receber R$ 10 milhões de “fontes suspeitas”. A nota foi feita com base no vazamento de dados do sigilo bancário de Luís Cláudio.

A defesa se queixa do desrespeito do jornal pela decisão da Justiça. “Um dia após ser publicada a decisão do Ministro Dias Toffoli, que finalmente permitiu aos advogados de Luís Cláudio Lula da Silva terem acesso a procedimento relativo à Operação Zelotes, reclamado, sem êxito, desde dezembro de 2015, o jornal vaza ilegalmente dados sigilosos da investigação”.

O jornal afirma que uma das linhas de investigação da Zelotes é saber se Lula indicou empresas para contratar a firma de Luís Cláudio. “A empresa de Luís Cláudio não tem funcionários registrados, apesar dos valores milionários que recebeu, nem ele expertise em consultoria”, acusa o Estadão.

Os advogados dizem que não. “A verdade irrefutável é que Luís Cláudio não recebeu os valores indicados pelo jornal. A empresa Touchodow Promocoes e Eventos Ltda. atua na organização do principal campeonato de futebol americano no País e, para tanto, aufere receitas através de patrocínio e venda de ingressos, como qualquer outra do setor. E foi para esta atividade canalizadas as verbas de patrocínio obtidas na legalidade”.

Para eles, o jornal publica inverdades, “em sua campanha persecutória e difamante”. “Há muito o jornal usa suas páginas para lançar suspeitas indevidas sobre Luís Cláudio. E deve ser registrado que, após ser investigado por aproximadamente um ano no âmbito da Operação Zelotes, não foi identificado qualquer ato ilícito a ele atribuível, pela simples razão de que Luís Cláudio sempre observou a lei”.

Leia também:  Evento com Dallagnol tira programação do ar após matéria de Come Ananás

Além disso, “é inadmissível que o vazamento tenha ocorrido antes mesmo que os advogados de Luís Cláudio tivessem acesso ao procedimento, em cumprimento à decisão do Ministro Dias Toffoli”.

A matéria do Estadão é de 5h desta terça-feira (31). A nota dos advogados da família de Lula também foi remetida para a imprensa na manhã desta terça-feira. O jornal, no entanto, não deu espaço para o contraponto. “Procurada, a assessoria de Luís Cláudio alegou que não localizou os advogados e que teve pouco tempo para comentar o assunto”, disse apenas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

11 comentários

  1. QUE NADA, é o Estadão que não

    QUE NADA, é o Estadão que não em expertise para fazer jornal e se torna panfleto denuncista . . . . . .“A empresa de Luís Cláudio não tem funcionários registrados, apesar dos valores milionários que recebeu, nem ele expertise em consultoria”, acusa o Estadão.

  2. Globogolpismo em ação

    Do globogopista Arnaldo Jabor:

    “Rolam boatos fortes de que o PT está reunindo muita grana para comprar uns três senadores. É possível.”

    Concluo, também, serem bem possíveis os boatos fortes que rolam sobre Arnaldo Jabor.

     

    • Exatamente. E quem viu a

      Exatamente. E quem viu a coluna da Cantanhêde – parece que bebe, que é louca ou os dois – não fica com mais nenhuma dúvida de que o jornal virou mero panfleto de Michel Temer.

      Acho bom, depois dessa quero ver quem ainda tem coragem de dizer que essa firma, OESP, produz notícia isenta ou pelo menos sensata. Que baixaria…

  3. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome