Gestão de Laerte Rímoli na EBC é marcada por nepotismo, por Fernando Brito

Por Fernando Brito

No Tijolaço

Na coluna de Lauro Jardim, em O Globo, observa-se como os novos padrões éticos estão sendo implantados na EBC, que anteontem, por Medida Provisória, Michel Temer, tirou do controle do seu Conselho Curador.

Pelo menos aqui no rio de Janeiro, pelo novo superintendente, colocado lá por Laerte Rimoli, após a interrupção do mandato legítimo do jornalista Ricardo Melo.

O superintendente da EBC no Rio de Janeiro, Neumar da Mota, com salário de R$ 24.572, conseguiu emprego para sua nora ser assessora na mesma superintendência, com salário de R$ 13.375. Renata Souza dos Santos Vieira, nomeada em cargo de “Assessor II”, é namorada de Lênin Mota, filho de Neumar.

Questionado sobre o assunto, Neumar, em um primeiro instante, negou que Renata fosse sua nora. Depois, mudou de versão, e ressaltou que eles não eram casados; só tiveram um caso depois de Renata estar trabalhando na EBC.

– Aliás, foi uma coisa muito recente de uma confraternização que tivemos há duas semanas. Rolou um charminho deles, que já se conheciam desde criança.

Renata foi designada assessora no dia 07 de novembro deste ano. No Facebook de Lênin, porém, no dia 13 de julho deste ano, ele publicou uma foto ao lado de Renata, com a seguinte legenda: “Hoje completamos 1 ano e 7 meses do mais puro amor”.

– Eu podia até botar meu filho aqui se eu quisesse, eu só não botei porque eu sou jornalista igual a você. Sou ético. Mas nora, se tiver competência, sogro, se tiver competência, não teria problema – completou.

Leia também:  Assédio judicial contra jornalistas exige atenção, por Camilo Vannuchi

E depois esta turma faz campanha de difamação contra profissionais como Luis Nassif, Tereza Cruvinel, Sidney Rezende e outros que, com décadas de jornalismo, não eram nem nora, nem sogro, apenas jornalistas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

6 comentários

  1. O tal conselho da EBC, sob a

    O tal conselho da EBC, sob a administração anterior, consumia 1 milhão de reais por mês para que se reunissem uma vez por mês.

  2. Deixei de ver a TV Brasil

    Deixei de ver a TV Brasil porque está pior do que a Globo, com matérias constantes favoráveis ao governo, com a foto dele em todas. 

    Desceu muito a qualidade depois da mudança, não apenas pelos jornalistas citados, que foram demitidos, mas também por outros, que eu, do mesmo modo considerava muito, e tinha prazer de ver.

    Quando vejo a cara de Rosean Kennedy, que sempre estava na CBN, por aí sei que a Globo tomou espaços na televisão, que podia ter diversidades de opiniões. 

    quanto à saída de Leda Nagle, primeiramente fiquei em dúvida se foi imeriecida. Ao ler matérias com o fiho dela de amarelinho, tomando cerveja, comot odos os coxinhas nas paseatas, posso admitir que o tiro saiu pela culatra, afora o fato do Sem Censura ter-lhe dado muitos amigos importantes, em especial os mais ricos e poderosos, elitistas, não deve ser ela a pessoas a nos apiedar. Piedade temos que ter da ruma de trabalhadores sem emprego, ou dos que se veem ameaçados de perdê-lo. 

  3. Comentário

    Ruim mesmo é a turma dos truculentos arrependidos, todos miúdos e mudos, esperando uma nova “denúncia” contra o Lula, para aplacar a autocrítica…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome