Jean Wyllys acusa O Globo de mentir sobre emendas para universidades

Do site de Jean Wyllys

Uma nova calúnia contra mim está circulando nas redes, mas, dessa vez, quem inventou não foi um site apócrifo, um perfil fake no Facebook ou um grupelho fascista anônimo, mas o jornal O GLOBO! Eu vou processar os jornalistas que assinam a matéria mentirosa e a empresa administradora do jornal e, já vou antecipando, quando eles forem condenados, vou doar a indenização aos hospitais universitários do Rio de Janeiro. Leiam este texto na íntegra e entendam o porquê.

E, por favor, compartilhem e me ajudem a combater esses canalhas mentirosos!

Diz O GLOBO: “Na linha de frente pró-Dilma, Jean Willys (é “Wyllys”, burros!), do PSOL, é dos poucos que já tiveram gordas emendas individuais pagas em 2016. Foram R$ 22 milhões para UFF e UFRJ. O colega de bancada Chico Alencar levou só R$ 405 mil“. A matéria está no site do jornal e na página 2 do impresso e é assinada por Luiz Antônio Novaes e Mara Bergamaschi. Muitas mentiras num parágrafo só!

Antes de responder, é preciso esclarecer o que são as emendas. Cada deputado tem direito a fazer emendas individuais ao orçamento, o que significa que pode indicar que determinada quantidade de recursos seja destinada a determinados órgãos públicos ou autarquias, como uma prefeitura, um programa de um ministério, uma universidade, um hospital público, etc. Esse dinheiro vai para políticas públicas, com uma finalidade específica. Não é para o deputado “levar”, como diz a matéria! Esse dinheiro não é administrado por nós! O que eu posso fazer como deputado é dizer “o hospital Gaffree e Guinle precisa de dinheiro”, indicar o valor e a finalidade, e então o governo repassa esse dinheiro diretamente ao hospital, não a mim! Aliás, nem sempre as emendas são empenhadas e pagas, ou seja, isso também não depende de nós, mas do governo federal.

Leia também:  Xadrez rápido: Moro usa Globo para calar Veja e atinge Deltan, por Luis Nassif

Eu já solicitei, através das minhas emendas, recursos para, por exemplo, o hospital Gafree e Guinle, o Hospital Rocha Faria, o hospital Cardoso Fontes, o Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira, o Laboratório de Genética e Terapia Celular da UNESP, os centros de saúde de Itaocara, a UTI neonatal de Rio das Ostras, a Fundação Fiocruz, a UERJ, a UFRJ, a UnB, a UFBA, a Fundação Palmares, a Defensoria Pública do Rio de Janeiro, o Planetário do Rio de Janeiro, o programa de promoção da igualdade racial do estado, a Superdir, o programa de promoção cultural das comunidades quilombolas e terreiros, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, etc. Nem todas essas emendas foram pagas pelo governo, isso não depende de mim.

Vocês acham equivocadas ou desnecessárias as minhas indicações? O que eu ganho politicamente ou pessoalmente com elas que não seja apoiar a cultura, a saúde, a educação e os direitos humanos da cidadania?

Agora vamos aos dados:

I) Eu não destinei e nem poderia destinar 22 milhões de reais para a UFF e a UFRJ, mas, se eu pudesse, sem dúvidas eu faria!

Diferentemente de outros parlamentares, que usam as emendas para pagar favores políticos, beneficiar pessoas ligadas a eles, cabos eleitorais ou aliados, ou para se autopromoverem fazendo obras em sua cidade como “vereadores federais”, eu consulto o destino das minhas emendas com um conselho social integrado por representantes da sociedade civil (a maioria dos quais não são filiados ao meu partido) e sempre priorizei, como beneficiários das emendas, as universidades e os hospitais do estado do Rio de Janeiro, e, em especial, os hospitais universitários, que atravessam uma grave crise financeira pelos cortes de verbas dos governos federal e estadual. Mas o valor total das minhas emendas que foram efetivamente pagas pelo governo não passa de 5 milhões. Não é por falta de vontade minha, mas porque a política de contingenciamento do governo não permite liberar mais do que isso.

II) Para ser bem claros, contrariamente ao que O GLOBO afirma, as emendas de 2016 ainda NÃO FORAM PAGAS e poucas delas já foram empenhadas.

Leia também:  Efeitos de Rede, Partidos e Ideologia, por Fernando Nogueira da Costa

Mas, para vocês saberem, eu indiquei as seguintes emendas e espero que seus respectivos recursos sejam liberados pelo governo:https://www.dropbox.com/s/627rp4shadhh4am/PDF%20emendas.pdf?dl=0

O total das emendas de 2016 após contingenciamento foi de R$ 11.198.438,00 (mas esse é o valor do que eu indiquei, que ainda não foi pago e não sabemos se ou quando será).

Todas as minhas emendas, de todos os anos, podem ser acessadas pelo link:http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/orcamentobrasil/loa/ob_loa_consulta_emendas

III) Em relação às emendas indicadas em 2015, até o momento houve apenas pagamento parcial da emenda que indiquei para a FACOM da UFBA, no valor de R$ 8.258,00. Os demais recursos estão em fase de análise pelos Ministérios e deverão ser liberados assim que os planos de trabalho de cada emenda forem aprovados.

IV) Como eu já disse, se eu realmente pudesse destinar 22 milhões para UFF e UFRJ, como a matéria do GLOBO diz, ou para outras universidades e hospitais universitários, eu faria com muito orgulho! Por isso, vou processar o jornal pela difamação e, quando a justiça o condenar a me pagar uma indenização, vou doar o dinheiro aos hospitais universitários do Rio de Janeiro, que precisam muito da grana!

E sabem por que vou processar? Porque o jornal mentiu de forma deliberada. Eles nem sequer se comunicaram comigo ou com meu gabinete para checar as informações, que, aliás, são públicas.Mentem porque querem passar a falsa ideia de que eu sou contra o impeachment EM TROCA DE ALGUMA COISA, como quando alguns veículos de comunicação falaram, durante a campanha, que eu tinha apoiado a Dilma no segundo turno em troca de um ministério. Vocês lembram? Eu fui ministro de alguma coisa?

Leia também:  A que tipo de qualidade jornalística o Google Showcase se refere?, por Janara Nicoletti

Mentem para difamar e sujar o nome dos parlamentares que somos contra o golpe que eles apoiam. Canalhas! Deverão responder nos tribunais.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

27 comentários

  1. Tem que processar e pedir

    Tem que processar e pedir direito de resposta, temos que lembrar que estamos ainda em uma democracia.

  2. OXALÁ SE CUMPRA, DEPUTADO.

    Queira Deus se cumpra o prometido, deputado. Ou seja, que V. Exa. efetivamente processe essa fonte contumaz de factóides, mentiras e manipulações de nossa realidade, que não fique só no “vou processar, vou fazer isso e aquilo”, como fez/faz a Presidenta Dilma (cadê o processo contra a Veja de 2014? e contra a IstoÉ?) e outros tantos: Lula, ministros, petistas de todos os calibres… cadê, onde estão as ações, me passem os números dos processos que eu quero acompahá-los. Nem a nova lei de Direito de Resposta eles utilizam.

    Tomara, tomara mesmo deputado, que a coragem que enxergo em suas manifestações pela imprensa se faça presente neste momento e que o Sr. enfrente de peito aberto essa verdadeira usina de más intenções, covardias e canalhices.

    Avante, Sr. deputado. Força sempre.

  3. O Jornal O Globo e Sinônimo de Hipocrisia, Fascismo e Mentira!

    Tá aí um Deputado que eu respeito e admiro! Continue fazendo ele pelo trabalho. Tem que processar mesmo esse jornal hipócrita, fascista e mentiroso.

     

  4. “… Canalhas!”
    É evidente

    “… Canalhas!”

    É evidente que a calunia é uma retaliação ao embroglio envolvendo o deputado com uma jornalista da Globonews. Na ocasião, Wyllys fez crtica ao empregador da senhora, conhecida paneleira do Twitter.

    Então os dois puxa-sacos, empregados de um dos tentáculos da organização golpista, resolveram inventar uma matéria como uma espécie de desagravo para seus patrões.

    Jornalismo lixo!

    • São

      apenas falsários disfarsados de jornalistas, cujo objetivo único é fazer média com o patrão sonegador e golpista. Lamentável que uma das mais nobres missões homanas, o jornalismo, esteja sendo emporcalhada por essa gente nesses níveis.

  5. Jean Wyllys acusa O Globo de mentir sobre emendas para universid

    Até quando teremos que nos submeter a tanta mentira da grande imprensa. Mentem de maneira pouco sofisticada. Diria descaradamente, com a certeza da impunidade. Resta-nos o boicote aos patrocinadores, pois eles sabem do que estão participando.

    Não tenho por hábito confiar em políticos, mas tenho ótima impressão do Jean. Espero que continue assim, e se proteja das armadilhas das feras do Congresso.

  6. A Globo é um CÂNCER e sua

    A Globo é um CÂNCER e sua podridão não poupa ninguem, nem aos seus espectadores, todos condenados a uma deformação incurável e transmissível de seus cérebros, que atrofiam até a extinção completa.

  7. Cada vez mais o Globo se

    Cada vez mais o Globo se afirma no exercío pleno de seu inalienável direito de ser um lixo.

  8.  
    Brizola, tendo provado que

     

    Brizola, tendo provado que tinha seus votos roubados pelo esquema Globo levou cinco anos para ter o direito de resposta .

     

    A tal justiça (existe exceção)  é submissa aos Marinhos.

    Deve ser rabo preso.

  9. Dou a maior força. Esse

    Dou a maior força. Esse jornal está acabando com o  nosso Brasil e isso “não é de hoje”. Fora rede globo.

  10. Se Jean conseguir que esse

    Se Jean conseguir que esse órgão das Organizações Globo seja condenado, não basta. Se Jean conseguir direito de resposta, não basta. Um panfleto desse tipo não merece ser chamado de Jornal, precisa ser fechado e suas portas lacradas até que assuma sua verdadeira identidade: Um panfleto nas mãos de um grupo político nazista.

  11. o globo nao só desvirtura

    o globo nao só desvirtura tuido, mas é contra  a vida, ao tentar abortar

    repasses financeiros para quem precisa, pára quem estaria

    correndo rico de morrer, como ocorre no setor da saúde…

    espero que o jean  ganhe essa e putras causas…

  12. Globo lixo, nefasta,

    Globo lixo, nefasta, corrupta, violenta, só sabe produzir mentiras e novelas vagabundas, abaixo a Globels, não vai ter golpe.

  13. Jean Wyllys é meio teatral…..

    Discussão boba e barraco desnecessário, mas para o  Jean Wyllys é ótimo. O negócio dele é aparecer na imprensa. Disputa com o Romario o Trofeu Mala do Ano. Sua produção parlamentar é pífia, irrelevante, não passa das emendas comentadas no post. Não é merito algum; essas emendas fazem parte do orçamento pra deputado fazer média na sua paróquia. Pode olhar, pesquizar; nenhuma ideia ou projeto excepcional. É um deputado assíduo e até acho que é honesto, mas está no mesmo nivel regular dos 20% que se destacam no parlamento federal. O Globo pode ter dado uma informação errada, e daí? Não há calunia nehuma e nem motivo para essa “macheza” toda. Vai encher o saco e não vai ganhar processo algum. É só frescura e vaidade para se manter exposto ao seu eleitorado específico.  

    • Como “não há calúnia”?

      Como “não há calúnia”?  

      Imagina alguém publicar pro Brasil que você “levou” grana de uma emenda? Esta forma como foi escrita ficou parecendo que Jean recebeu um agrado para fazer a ementa. Isso se configura calúnia sim.  Mas é aquelas coisas…. pimenta nos olhos do outros é refresco né?

       

      • Estude interpretação de texto

        É que vc interprreta literalmente. E o Jean BBB também. Qualquer advogado desmonta essa deficiência resultante de ensino fundamental sem qualidade, Esse “levar”,”levou” significa venceu, conseguiu, etc. Foi escrito assim só para causar xiliques. Ninguem está falando que ele meteu a mão leve e macia em grana. Não perca seu tempo.

        • Peraí!!!!

          O jornaleco disse com todas as letras que o Jean Willys trocou emendas para votar contra o impedimento da presdienta, sim. Basta ligar a com b. Não precisa nem ter ensino fundamental para chegar a esta conclusão.

          • De quais letras vc fala?

            Releia. Sua afirmação não está no texto como claramente do Globo. Está como suposição e dedução do Jean BBB. Se há erro é em relação ao vr das emendas. Conclusão: é bobagem mesmo. Tem nada de calúnia.

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome