Jornal uruguaio acena que o país está de braços abertos para Lula

“O Uruguai é um país de braços abertos”, Vazquez destacou sem dar nomes, “quem chega no Uruguai para trabalhar, viver, compartilhar, respeitar as nossas leis … é bem-vindo”, destaca a reportagem do Mercopress

"O Uruguai é um país de braços abertos", Vazquez destacou sem dar nomes, "quem chega no Uruguai para trabalhar, viver, compartilhar, respeitar as nossas leis ... é bem-vindo", destaca a reportagem do Mercopress

Sugestão de Adir Tavares

do Jornal do Brasil

‘Mercopress’: Uruguai receberá Lula, caso solicite asilo político

Matéria publicada nesta terça-feira (22) pelo jornal uruguaio Mercopress conta que o Presidente Tabare Vazquez disse na segunda-feira (21) que reconhece o governo do presidente Michel Temer, respeita as decisões políticas do Brasil, mas que se necessário dará asilo aos políticos, considerando este um Direito Internacional.

“Deve ficar claro que o Uruguai historicamente e no âmbito das relações internacionais reconhece Governos, e o Brasil agora tem um governo que o Uruguai reconhece”, disse Vazquez na segunda-feira (21) a imprensa após uma conferência com empresários brasileiros em São Paulo.

“O Brasil é um país muito importante para o Uruguai, em vários pontos de vista, incluindo comércio e investimentos, portanto, é de nosso interesse ter a melhor relação possível com o governo do Brasil”, acrescentou o presidente.

“Problemas domésticos do Brasil são abordados e resolvidos pelo Brasil, e nós de fora não temos direito a qualquer comentário sobre o assunto. Nós não queremos intervir nos problemas políticos internos de outros países “, insistiu o líder uruguaio, em referência à situação política que o Brasil ainda está passando, incluindo uma série de escândalos de corrupção.

Mercopress analisa que Vazquez foi cauteloso ao se referir ao presidente Michel Temer e antecipou que se qualquer político brasileiro solicitar asilo no Uruguai, o Uruguai vai aceitá-lo, sendo previsto pelas leis internacionais seu Direito.

Leia também:  Haddad: Se STF chancelar abusos de Moro, golpe de Bolsonaro "já terá sido em parte consumado"

“Eu acredito que o presidente Temer é uma pessoa muito gentil e séria, eu falei com ele por meia hora em Nova York … é isso”, disse Vazquez e não respondeu mais perguntas sobre o assunto.

O diário lembra que nas últimas semanas houveram alguns rumores insistentes no Uruguai sobre a possibilidade do ex-presidente Lula da Silva, mencionado como um suspeito em casos de corrupção ligados a Petrobras, estar planejando se refugiar no país vizinho.

Vários meios de comunicação mencionaram que um dos filhos de Lula, que é treinador de futebol, está trabalhando para um time de futebol do Uruguai com o objetivo de “preparar” o asilo para a família, mas seus advogados e a equipe local negam fortemente esta hipótese.

“O Uruguai é um país de braços abertos”, Vazquez destacou sem dar nomes, “quem chega no Uruguai para trabalhar, viver, compartilhar, respeitar as nossas leis … é bem-vindo”.

Vazquez concluiu dizendo: “como tenho afirmado repetidamente, no âmbito da Constituição e do nosso sistema legal, tudo é aceito, mas fora desse quadro, não”.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

3 comentários

  1. Normalmente num julgamento so

    Normalmente num julgamento so se tem o resultado ao final do mesmo. No Brasil de Moro, todos ja sabem qual é seu veredito, especialmente tratando-se de membros do PT. Logo, esta ai a imprensa especulando, para esculachar um pouco mais com o destino do ex-presidente Lula.

  2. Seguindo o roteiro atual dos

    Seguindo o roteiro atual dos entreguistas, os democratas que puderem rumarão, sim, para o Uruguai, Portugal, Cuba e outros… Que as Irmandades traidoras assumam a C… que fizeram a mando dos mi e bilionários.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome