O Portal como biblioteca

Por Gilberto Cruvinel

Nassif,

Um assunto que me fascina: bibliotecas.

No caderno Mais da Folha deste domingo, o historiador inglês Peter Burke conta que, a exemplo da Brasiliana, biblioteca que José Mindlin doou à USP, várias bibliotecas famosas pelo mundo começaram como coleções particulares que depois foram doadas à instituições públicas, por que os donos originais, como Mindlin, fizeram parte de uma generosa estirpe de pessoas que preservam e partilham o saber.

Depois de ler essa definição, fiquei pensando, o que não é o Portal Luis Nassif, senão uma biblioteca que lentamente está sendo construída e que vai pouco a pouco preservando o conhecimento deste tempo?

Com a vantagem que, ao mesmo tempo em que está sendo construída, essa imensa biblioteca virtual já está instantaneamente disponível ao público.

aqui o artigo completo:

http://www.luisnassif.com/profiles/blogs/livros-o-colecionador

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome