Por Que Aécio Não Ganha

Não assisti, não li na íntegra e mesmo as críticas eu também pulei. Afinal, quem precisa se dar ao trabalho de, pela TV, ver aquele bando provecto (mesmo os mais jovens parecem ter centenas de anos nas costas) repetindo o que estamos cansados de ouvir, para saber o que e como pensa um tukano? Todos parecem tirar suas idéias da mesma fonte poluída, a mesma água insalubre que jorra das gárgulas da mídia, escorrida de telhados sujos dos neoliberais até empossar na lama de onde bebem os vassalos de reis mortos.

Mas assisti a trechos, saco de plástico na mão, balde de plantão, ao lado da poltrona_vai que o saco estoura numa golfada mais forte_tipo assim_ao dar de cara com o Serra e sua cara de pau!!! Ou ao ter o desprazer pouco cômico de ver o Marconi (não o que descobriu o rádio, aquele de Goiás, que usa ondas de rádio pra grampear) lançar seus impropérios invejosos contra o  Lula. Ou FHC, redivivo, ainda envolto em ataduras, fresquinho e empoeirado, ao sair de seu sarcófago da pirâmide de PrivatZehs III em Higienópolis. Todas imagens altamente indutoras de êmese. Melhor prevenir, que, depois, ter que limpar a lambança com a patroa ao lado, de rolo de pastel na mão fiscalizando.

As pérolas mais podres então (nem porcos aceitariam) vieram da boca do trôpego Senador Aécio Neve. Seu discurso, junto à obsessão tukana de se apegar ao passado distante e sombrio, quando comandava a pilhagem do país, é que são o maior empecilho para atingir seus objetivos. Insistindo na velha ladainha de que acabaram com a inflação, quando sabemos que foi o Itamar, sua obstinada mania de mentir sobre criação de projetos de distribuição de renda, o culto fundamentalista ao deus Mercado, a mitomania psicótica e histérica da ilusão de competência e gestão, que se revelam como indigestão de medidas recessivas e daninhas ao povo_tudo isso vai enterrar o projeto. Isso sem mencionar a canalhice de acusar o outro_por seus próprios crimes_macaco olha teu rabo, diria minha avó.

Mas o discurso falado, mais do que as idéias, mais que tudo, vai enterrar Aécio, em cova rasa. Parece, pela impostação impostora, o avô, ou alguém mais antigo e ultrapassado falando.  Um discursar do século XIX em pleno séc. XXI, ele trocou os numerais romanos ao escolher o tom de seu pronunciamento. Do jeito que fala, acho que nem consegue manter o pequeno suporte eleitoral que tem, quem dirá aumentar, e conquistar corações e mentes. A gente  sabe que tucanos e PIG tem a mesma mania de só falar pra quem já apóia seu projeto, daí a constante queda e o descrédito crescente nos meios que continuam a prática. Deste jeito não se conquista ninguém. E a forma totalmente desprovida de carisma e empatia é que botam tudo, mesmo, a perder. Acho que até mesmo gente muito humilde não cai mais nessa cantilena monótona e impostora. Já viram ou ouviram o Lula falar, e são mesmerizados por ele. Pra ganhar do Cara tem que ter apanache de um Hugo Chaves, para poder fazer frente à empatia do Lula. Este, se não discursar para a Dilma, o fará para si, com maiores danos ainda para a trincheira da pilhagem tukana.

Esse deve ser o futuro medíocre desse cambaleante rapaz anacrônico, na rua se comporta como um adolescente, mesmo tendo 50 anos, e na política se comporta como uma múmia de tempos imemoriais, mesmo tendo só 50 anos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome