Publicitário de Temer é contratado por agência com contrato milionário com governo

Elsinho é publicitário fiel do “sr. Temer” e agora é Diretor de Atendimento e Conteúdo da Isobar, que recebe contratos milionários do governo
 

Foto: Reprodução
 
Jornal GGN – O marqueteiro Elsinho Mouco, responsável pelas campanhas de Michel Temer e que trabalha com o peemedebista há 15 anos, foi contratado pela agência de comunicação de Brasília Isobar, que tem contrato milionário com o governo Temer. Nesta quarta-feira (23), o próprio presidente foi pessoalmente à uma reunião da agência, com o ministro Moreira Franco.
 
Elsinho é publicitário fiel do “sr. Temer”, como o chama, desde que o atual presidente foi eleito deputado federal, em 2002, e tem atuações junto ao PMDB. Neste ano, seu nome foi arrolado em acusações da JBS: o dono do frigorífico, Joesley Batista, acusou o marqueteiro de ter recebido R$ 3 milhões de propina do grupo para a campanha de 2010 do partido e outros R$ 300 mil em dinheiro vivo, em 2016, a pedido de Michel Temer.
 
No início de junho, Elsinho Mouco chegou a confessar que Joesley Batista o contratou pelos R$ 300 mil com o claro objetivo de “derrubar” a presidente Dilma Rousseff, além de assuntos relacionados à eleição do irmão mais velho, José Batista Júnior, em Goiás. Segundo Joesley, o montante foi destinado às despesas de marketing político pela internet de Michel Temer, pouco antes de assumir a Presidência com a queda de Dilma.
 
No auge do movimento “Fora, Dilma”, ainda em maio de 2016, o empresário da JBS se ofereceu para pagar por um serviço de monitoramento de redes sociais à Temer, trabalho que seria feito por Elsinho, com o objetivo de o PMDB blindar a imagem do peemedebista para que pudesse assumir o governo. Em uma reunião, o empresário teria feito claramente o apelo: “vamos derrubar essa mulher”.
 
Agora no ápice das acusações da JBS contra o mandatário, Temer voltou a recorrer a Elsinho para discutir estratégias de enfrentamento público e em imagem contra os depoimentos e contra o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, autor da denúncia.
 
Ao blog de Andréia Sadi, do G1, Elsinho afirmou em junho deste ano que havia se encontrado com o presidente e que uma das estratégias de marketing político será o de “cobrar provas” de Janot sobre as acusações que recaem contra ele na denúncia então recém enviada à Câmara dos Deputados.
 
Nesta quarta-feira (23), a jornalista voltou a manchetar sobre Elsinho e o mandatário, mas com um avanço nas investidas de marketing do presidente. O publicitário aparece como o novo contratado da empresa Isobar Brasil, que tem contratos na faixa de R$ 44 milhões desde 2015 com o Planalto.
 
Um dos investimentos de Michel Temer foi um contrato de R$ 17,6 milhões com a agência, em 2016, para vigiar o que a população falava de Temer nas redes sociais, por meio de um monitoramento online. A agência foi recomendada por Elsinho, que agora figura como Diretor de Atendimento e Conteúdo, desde o dia 1º de agosto, segundo informações do blog.
 
Após o encontro entre Moreira, Temer e Elsinho, o publicitário afirmou já em nome da empresa de comunicação: “Queremos aumentar o engajamento dele [do peemedebista] nas redes sociais. Aprofundar o presidente reformista”. 
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A história não oficial dos 70 anos da TV brasileira, por Luís Nassif

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome