Home Editoria Luis Nassif Online Trem da alegria 2: Verba pública para revista Época cresce 900%, por Miguel do Rosário

Trem da alegria 2: Verba pública para revista Época cresce 900%, por Miguel do Rosário

11

 

 
de O Cafezinho

Realmente, o discurso de austeridade fiscal do governo vale apenas quando se trata de cortar investimentos em educação, saúde e aposentadoria do pobre; não para as mamatas da Globo, Folha, Estadão e Abril, os quatro cavaleiros do golpe.

O trem da alegria começou a rodar a todo vapor!

Os pixulecos federais para os apoiadores do golpe estão brotando como maná dos céus!

Ao mesmo tempo em que a arrecadação fiscal do governo sofre uma das maiores quedas em décadas, os repasses federais para a Editora Globo, que edita a revista Época, dispararam 586%, na comparação de janeiro/agosto de 2016 com o ano inteiro de 2015.

Na média mensal, o crescimento foi de mais de 900%.

Os repasses ao Infoglobo, responsável pelo jornal O Globo, cresceram 120% este ano; na média mensal, o crescimento foi de 230%.

Após o sucesso do post anterior, o Cafezinho fez um outro estudo estatístico com os números da Secom para publicidade federal. (Qualquer um pode fazê-lo, basta acessareste link).

No post anterior, usamos o período de 4 meses, de maio a agosto de 2016, para checar o comportamento do governo já sob o comando de Michel Temer, comparando-o com o mesmo período de 2015.

Uma novidade desse post é que a gente agora discriminou os repasses para as diferentes empresas dos grupos Globo e Folha.

Desta vez, eu peguei os oito primeiros meses de 2016, e os comparei aos 12 meses de 2015.  Dei uma colher de chá para a mídia.

Observe que são períodos diferentes: 12 meses de 2015 contra 8 meses de 2016; e mesmo assim encontramos um crescimento indecente no repasse federal a alguns meios de comunicação.

A editora Caras, uma espécie de laranja da Abril, recebeu R$ 1,55 milhão da Secom nos oito primeiros meses de 2016, um crescimento de 2.473% sobre os valores recebidos no ano inteiro de 2015.

Poderia-se alegar que isso se dá pelo fato da Caras ter herdado algumas revistas da Abril. Não. Isso não tem sentido, porque os títulos que a Abril repassou à Caras são decadentes, fracos, com pouca representatividade. E além do mais, os repasses para a Abril também cresceram vertiginosamente nos últimos meses, com sua média mensal disparando quase 50%.

Os donos da Abril, a família Civita, são também sócios da Caras.

Reitere-se que estamos comparando períodos diferentes.  Se formos considerar a média mensal dos repasses à Caras, o aumento seria muito maior, de 3.760%!

O aumento do desemprego, que já atinge 12 milhões de pessoas, não tem impedido o governo de retribuir os amigos da mídia pelo apoio que deram às conspirações que levaram ao golpe.

A TV Globo deve ser premiada mais para o fim do ano. Mas a Editora Globo, que edita a revista Época e o Infoglobo, que edita o jornal O Globo, já estão sendo regiamente pagos pelo apoio à derrubada da presidenta Dilma Rousseff.

Os recursos apenas para a Folha (sem contar o UOL) cresceram 20% este ano, na comparação de jan/ago de 2016 com todo o ano de 2015. Na média mensal, o aumento foi de 80%.

Somando Folha e UOL, a média mensal dos repasses federais cresceu 41% este ano.

O Yahoo!, que emprega blogueiros de ultra-direita, como Claudio Tognoli, também recebeu repasses federais recordes, de R$ 690,5 mil em jan/ago de 2016, um aumento de 24% sobre todo o ano de 2015. Na média mensal, um aumento de quase 90%.

 

 

Abaixo, a tabela indexada por ordem de valor, com os principais recebedores da Secom nos últimos 2 anos.

Eu incluí uma coluna de média mensal, para corrigir a distorção da diferença dos períodos. Repare que os líderes do golpe são os que experimentaram maior crescimento da publicidade federal: Abril/Caras, Globo, Folha, Estadão, RBS.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

11 COMMENTS

  1. Nassif
    BOM DIA
    Em 14 anos de

    Nassif

    BOM DIA

    Em 14 anos de presidência de  Lula e Dilma Rousseff, (poder, nunca foram), porque a mídia não foi regulada? Isso sim, deveria ter sido prioridade nos seus governos!

    Lula , saiu com 80% de popularidade e 3/4 do congresso o apoiava, porquê nada fez para acabar com com a festa da grande mídia?

    Dilma Rousseff  quando acordou para pensar nisso, já era tarde! 

    ​A casa grande sempre comandou o país, e a sua voz, é a grande mídia !

    ​Quem sabe daqui a 20 anos, os progressistas aprendem como a banda toca no patropi !!!

    Abração

     

    • Mário,
      Na campanha para a

      Mário,

      Na campanha para a reeleição, uma das principais propostas da Dilma era democratizar os meios de comunicação. Vai saber o quanto isso não influenciou pras coisas chegarem no ponto que estão hoje… Talvez essa popularidade do Lula tenha a ver, entre outras coisas, com não mexer em algumas feridas que doem mais

       

  2. Pós venda midiático…

    Há uma OFENSIVA na mídia para LEGITMAR O GOLPE QUE DERAM!

    Em todas as mídias que destribuem falam subliminarmente sobre  A LISURA COM A QUAL A MÍDIA LIDOU COM O QUE NÃO FOI GOLPE!

    Como tem trouxa para tudo…

    Quem sabe cola?

  3. TREM DA ALEGRIA GAZETA X PAULO HARTUNG

    É interessante observar como ficou escancarado a canalhice da TV gazeta ao não convidar o Andre Moreira , do Psol, e pior, alegar cinicamente que estava cumprindo a lei eleitoral, ao passo que a decisão do STF garantiu a faculdade da emissora de convidar. DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS EM NOME DA FARSA ELEITORAL, DA MANIPULAÇÃO DO ELEITOR E DOS INTERESSES DA EMISSORA. EM LINHARES ELIANA DADALTO DO PTC BASE ELEITORAL DO GOVERNADOR PAULO HARTUNG PMDB , MESMO SEM TER NOVE DEPUTADOR FEDERAIS NA CÃMARA  PÔDE PARTICIPAR DO DEBATE DA REDE GAZETA. Moreira não havia sido convidado pela TV Gazeta para participar do programa.

    Após conseguir vencer em duas instâncias inferiores para ir ao debate, o candidato foi surpreendido enquanto caminhava nos corredores em direção ao estúdio, minutos antes do início da transmissão. O debate começou às 23p3 e, por volta das 22p0, os advogados da TV Gazeta apresentaram uma decisão da ministra Luciana Christina Guimarães Lóssio, do TSE, que considerou “manifestamente ilegal” determinação da Justiça do Espírito Santo que autorizava a participação do candidato. De acordo com a ministra, a decisão da instância inferior iria contra a legislação eleitoral.

    Select ratingRuimBomMuito bomÓtimo ExcelenteRuimBomMuito bomÓtimoExcelente

     

    • o que….

      É este o país atolado em abissal falta de dinheiro por uma única causa: municípos, estados, país, autarquias, universidades, estatais, câmaras de vereadores, de deputados, Congresso Nacional. Poder Judiciário com rombos bilionários por folhas de pagamento e pensões nababescas da única Elite Brasileira. Parasitas e seus asseclas do Orçamento Público. É este o país onde será decidido se o Estado deve buscar de todas as formas o bem estar e a vida de seus cuidadãos, oferecendo a assistênia médica, recursos e medicamentos que estão disponíveis. Realmente, alguns milhões farão falta em Patria de tamanha competência. Não dá mais para varrer a hipocrisia para debaixo do tapete. 

  4. Panfletaço já!

    Toda essa pouca vergonha do PIG se refestelando enquanto educação saúde e aposentados ficam chupando o dedo merece um belo de um panfletaço! Acorda esquerda!

  5. Escárnio e deboche….

    O pior é  ter de aguentar a pregação  ” imparcial ” destes Canalhas.  Só tem uma saída , emergencial : vamos assinar colaboração  financeira mensal fixa aos blogs de esquerda. Começando aqui pelo Nassif !

  6. O portal da transparência

    O portal da transparência continua transparente?

    Quem mentiu a justiça que não foi golpe, não iria mentir justamente onde ele pode vir a ter lucro?

    Somo inocentes, por isso fomos golpeados…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile