B-52’s pra quem não dançou e dançou!

Enviado por Morallis

Vídeo legal!

Banda descompromissada  e divertida.

E eram muito  bons  ao vivo !

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ricardo Tacuchian, um erudito, por Aquiles Rique Reis

10 comentários

  1. D+!

    Não fui no Rock in Rio I, mas fiquei sabendo que a melhor performance foi dos b’52…com quase 4 horas de show!

    o que impresionou foi que não havia samplers de batida. 

    arrancaram o couro do baterista 8)

     

  2. A melhor banda que “ouvi”

    A melhor banda que “ouvi” tocar no Rock in rio “1 foi a do Rod Stewart.

    B52 foi divertido realmente…Yes e Queen pareciam meio cansados

    principalmente o “Yes” um tanto desarticulado. Dos pesadões AC/DC

    foi um barato! Os demais  confesso que não prestei tanta atenção

    mesmo eu estando lá no lamaçal.

  3. Barbaros.  Eu nao os conhecia

    Barbaros.  Eu nao os conhecia ate ha pouco tempo.  Essa letra em particular tem uma das trocas de sujeito que me irritam tanto, mas nao bem melhor e mais contextual do que o “WE fell on their necks with a scream” do Pink Floyd.  Infelizmente, o cantor estracalha toda nota que ele tenta cantar, quando so as mulheres cantam como nessa musica a banda eh excepcional (ele estracalha “Quiche Lorraine”, por exemplo).

    Eu tava conversando com minha filha outro dia a respeito deles, e disse que conhecia uma banda cujo estilo era o de cantar as coisas mais estupidas que viessem aa mente deles, e ela achou um barato a ideia.  Essa letra do post eh uma das unicas deles que tem peso emocional, o resto eh tudo algodao doce.  Interessante eh que as duas primeiras capas deles sao vaginocentricas:  nao ha como nao olhar.

    Aqui ta esse album todo:

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=DE1hKEGRdNk%5D

    E a deslumbrante musica aos 26 minutos tambem eh vaginocentrica!

    Outra coisa que eu me lembro nitidamente deles eh que achava que “My own private Idaho” devia ser um filme lindo pois a letra eh uma tentativa de tirar alguem da depressao (“cai fora desse estado”) e eu ja tinha ido varias vezes em Idaho;  quando vi o filme na internet ha uns 5 anos atraz, em toda sua incoherencia e presuncao e depressao, fiquei puto e nao foi pouco.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome