Cantor português Carlos do Carmo ganha homenagem de músicos brasileiros

Ivan Lins, Francis Hime, Renato Braz, Thais Nicodemo e cantor português Roberto Leão lançam disco PELA CIDADE. Primeiro single, ESTRELA DA TARDE estará nas plataformas em 11 de novembro

Jornal GGN – O Sinatra português. Assim era conhecido o cantor português Carlos do Carmo, que faleceu em janeiro de 2021. E para homenageá-lo, com a produção artística de Roberto Leão e Thaís Nicodemo, será lançado em dezembro, mês de seu aniversário, o disco Pela Cidade. O primeiro single, Estrela da Tarde (Fernando Tordo / José Carlos Ary dos Santos) estará nas plataformas digitais no dia 11 de novembro. Nessa canção, as vozes são de Renato Braz e Roberto Leão, o piano de Thaís Nicodemo.

O disco é um encontro de gigantes, cada um com um grau de proximidade diferente de Carlos. Francis Hime foi seu amigo de colégio na Suíça na década de 50. O Renato Braz aprendeu suas canções sem o ter visto. Thaís, já era fã e o viu no meio da rua à espera do ônibus aqui em São Paulo, e depois virou uma amiga, o visitando em sua casa em Lisboa. Roberto, o conheceu na própria cidade natal de Santa Maria da Feira, em Portugal, e Ivan Lins foi um dos melhores amigos do Carlos e o compositor de vários temas gravados por ele ao longo da carreira.

O disco tem temas que Carlos imortalizou, além de canções novas, que poderiam ser apresentadas a ele, já que sempre convidava os cantores a criarem o seu repertório, além de desafiar os seus poetas a ousarem.

REPERTÓRIO

1. Estrela da Tarde (Fernando Tordo / José Carlos Ary dos Santos). Vozes: Renato Braz e Roberto Leão, Piano: Thaís Nicodemo

2. Longe de Lisboa (Thaís Nicodemo/Roberto Leão). Voz: Roberto Leão, Piano: Thaís Nicodemo

3. Um homem na cidade (José Luís Tinoco / José Carlos Ary dos Santos). Vozes: Renato Braz e Roberto Leão, Piano: Thaís Nicodemo

4. Pela Cidade (Thaís Nicodemo / Roberto Leão)

5. Manhã (Pedro Abrunhosa). Voz: Pedro Abrunhosa

6. Porto Sentido (Rui Veloso / Carlos Tê). Voz: Roberto Leão, Piano: Thaís Nicodemo

7. Fado do Ultramar (Ivan Lins / José Mário Branco). Voz Ivan Lins, Piano: Thaís Nicodemo

8. O Cacilheiro (Paulo de Carvalho / José Carlos Ary dos Santos) Voz: Roberto Leão, Piano: Thaís Nicodemo

9. Fado do sim (Ivan Lins / Roberto Leão) Vozes: Ivan Lins e Roberto Leão, Piano: Thaís Nicodemo

10. O Tempo e a Vida (Francis Hime/ Tiago Torres da Silva) Voz: Francis Hime

SOBRE CARLOS DO CARMO

Carlos do Carmo também era Alberto como Francis Albert Sinatra com quem foi comparado a vida inteira. Mas, gravações antigas mostram que Carlos começou a cantar música brasileira, aos sete anos de idade, ainda na casa de fados dos seus pais. Seus compositores favoritos eram Luiz Gonzaga e Dorival Caymmi. A casa de fados, que o Carlos veio a gerir depois de estudos na Suíça, era um lugar de encontro de mestres. Era o lugar de ouvir uma das maiores fadistas de sempre, sua mãe Lucília do Carmo. O artista cantou por mais de 50 anos. Uma carreira que passou pelos maiores teatros do mundo, dezenas de vezes no Brasil, incluindo um disco gravado no Canecão. Ganhou prêmios como o Goya e o Grammy Latino.

A importância de Carlos do Carmo para a cultura portuguesa ia além da sua obra artística. Foi um dos incentivadores do Museu do Fado e também à candidatura, bem sucedida, do gênero como Patrimônio Imaterial da Humanidade na UNESCO. Com o falecimento de Carlos do Carmo, Lisboa declarou “Lisboa Menina e Moça” canção oficial da cidade.

Para conhecer, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=hn6yYPSMh0g&t=3577s

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome