Danilo Penteado se apresenta no Centro Cultural, em São Paulo

Quinta-feira, dia 5, é dia de show do compositor e multi-instrumentista Danilo Penteado no Centro Cultural de São Paulo. Danilo se faz acompanhar pelos músicos Guilherme Kafé e Igor Caracas.

Jornal GGN – Quinta-feira, dia 5, é dia de show do compositor e multi-instrumentista Danilo Penteado no Centro Cultural de São Paulo. Danilo se faz acompanhar pelos músicos Guilherme Kafé e Igor Caracas.

Os três multi-instrumentistas, compositores e cantores se juntam para apresentar suas canções presentes nos repertórios dos três discos discos (Eu Sou o Tipo de Pessoa que Pode Transformar Tudo em Sua Casa, de Kafé; Ling Leng, de Danilo; e Cada Passo, de Igor).

Com seu primeiro disco solo lançado, o Ling Leng, Danilo Penteado tem ali participações e parcerias preciosas, como Mariá Portugal, Pedro Ito, Bruno Buarque, Maurício Badé, Rui Barossi, Lenna Bahule, Rômulo Fróes e Ná Ozzetti.

Esse projeto de parcerias começou em 2015, quando Danilo se aproximou de Luiz Tatit. Com um bolero recém composto, Danilo perguntou a Tatit se colocaria a letra. Algum tempo depois, chega “Demora”, com poesia casando perfeita com a melodia. Isso foi um incentivo para o músico que, após anos trabalhando com música instrumental, enveredou por discos de canções.

Admirador de Gilberto Gil, Danilo vem há quatro anos se aprofundando em sua obra. Iniciou uma série de vídeos no YouTube chamada “Estudando Gil”, em que toca suas composições no formato de voz e violão, passando por vários estilos pelos quais Gil já transitou. Foi então que descobriu no livro “Gilberto Gil: Todas as Letras”, organizado por Carlos Rennó, uma letra cuja música havia sido perdida nos anos 80, intitulada “Plateia”. Ficou fascinado por ela e resolveu compor a melodia para essa letra. Rennó fez com que a música chegasse até Gil, que logo aprovou a parceria. No disco ela ganha um novo título, “Plateia 2”.

Leia também:  Seu Talão Vale um Milhão, por Luciano Hortencio

Do encontro com Romulo Fróes, surgiram “Velha Cidade” e “Cartão Postal”. Com Cesar Lacerda veio “Ling Leng”, letra explicitamente inspirada em ‘Rouxinol’, de Jorge Mautner e Gilberto Gil, de quem os músicos são profundos admiradores, e que dá nome ao disco.

Completam Ling Leng, “Sal”, parceria com Fábio Barros, “Rio que quer seguir”, com Meno del Picchia e Heloíza Abdalla e “Nos cabelo dela” , em que assina letra e melodia e que conta com a participação da cantora moçambicana Lena Bahule. Do encontro com Luiz Tatit ainda rendeu “Dupla”, em que Tatit divide os vocais com Ná Ozzetti.

Danilo Penteado vem se destacando no cenário da música instrumental há 18 anos, como baixista do grupo Quatro a Zero. Vencedor do segundo lugar no Prêmio VISA de Música Brasileira em 2004, o grupo ficou conhecido internacionalmente pela abordagem criativa dada ao gênero do choro e pelo virtuosismo contido nas suas performances. Desde sua mudança para São Paulo em 2008, Danilo vem expandindo seu leque de instrumentos. Tem tocado violão, guitarra, piano, cavaquinho, baixo acústico e acordeon em diversos projetos de música, dança e teatro como Orquestra Mundana REFUGI, Palavra Cantada, Cia Nova Dança 4, Bloco Nóis Trupica Mas Não Cai, entre outros. Vem se aproximando cada vez mais do universo da canção e, após sua experiência com a banda Sinamantes, em que compunha, tocava e cantava ao lado de Natalia Mallo e Mariá Portugal, é a vez de mostrar seu trabalho solo.

Leia também:  A certeza de ouvir música boa, por Aquiles Rique Reis

SERVIÇO:

Local: CCSP – Sala Adoniran Barbosa – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso – tel.: (11) 3397.4002

Data e horário: 5 de setembro, às 21 horas

Preço: R$ 20

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome