En Alta Mar, por Luciano Hortencio

Sérvulo Odilon canta EN ALTA MAR, de Bernardo Noriega.

En Alta Mar, por Luciano Hortencio

Cantávamos EN ALTA MAR em 1961, quando cursava eu o 3º ano primário no Instituto Rio Branco, sob a direção do Professor Lázaro Walter de Oliveira,aqui em Fortaleza.

O tempo passou e a olvidei. Hoje pela manhã, logo ao despertar, lembrei do refrão e partezinha da melodia. Não conseguia lembrar de nada mais. Passei a manhã matutando e liguei para minha amiga Dona Sensa Rizzo, que considero um pilar da nossa memória musical brasileira.

Dona Sensa, sem ser pesquisadora nem colecionadora em termos exatos, conhece e reconhece nossa música, principalmente em 78 rpm, como uma profissional.

Dona Sensa também lembrava do refrão e melodia por mim cantada ao telefone, porém não passávamos dai.

Ocorre que eu procurava por IN ALTA MAR e nada achava. Encontrei EM ALTO MAR, de Wilson Batista  e Jorge de Castro, gravação de Cid Ney, porém nada da canção que procurava.

Dando tratos à bola, lembrei que nosso sotaque cearense faz com que troquemos o E pelo I. Não pronunciamos aqui CEARÁ e SIM CIARÁ. João e Maria pronunciamos João i Maria. Pensando nisso fui ao Arquivo Nirez e procurei por EN ALTA e encontrei na mesma hora.

Ato contínuo, pedi o fonograma ao amigo Nirez e felicíssimo fiquei ao constatar que era a música que estava procurando ansiosamente.

Feliz da vida, compartilho com todos EN ALTA MAR, agradecendo à Dona Sensa pela ajuda e ao amigo Nirez pelo pronto envio do fonograma.

Sérvulo Odilon – EN ALTA MAR – Bernardo Noriega.

Disco Ciclone 12.008-B.

Ano de 1961.

Arquivo Nirez.

Coisas que o tempo levou.

luciano hortencio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora