Entonce, menino, ocê levanta e vai na casa de sua vó

Enviado por Antonio Francisco

Xangai canta e diverte muito, com este 

ABC do preguiçoso

Marido se alevanta e vai armá um mundé

Prá pegá uma paca gorda prá nóis cumê um sarapaté

Aroeira é pau pesado num é minha véia

Cai e machuca meu pé e ai d´eu sodade

Marido se alevanta e vai na casa da tua avó buscá

A ispingarda dela procê caçá um mocó

Só que no lajedo tem cobra braba num é minha véia

Me morde e fica pió e ai deu sodade

Entonce marido se alevanta e vai caçá uma siriema

Nóis come a carne dela e faiz uma bassora das pena

Ai quem dera tá agora num é minha véia

Nos braço duma roxa morena e ai d´eu sodade

Sujeito alevanta e vai na casa do venderão

Comprá uma carne gorda prá nois fazê um pirão

É que eu num tenho mais dinheiro num é minha véia

Fiado num compro não e ai d´eu sodade

Ô marido se alevanta e vai na venda do venderim

Comprá deiz metro de chipa prá fazê rôpa pros nossos fiim

Ai dentro tem um colchão véio num é minha véia

Desmancha e faiz umas carça prá mim e ai d´eu sodade

Disgramado se alevanta, deixa de ser preguiçoso

O homi que num trabáia num pode cumê gostoso

É que trabáia é muito bom num é minha véia

Mas é um pouco arriscoso e ai d´eu sodade

Ô marido se alevanta e vem tomá um mingau

Que é prá criá sustança prá nóis fazê um calamengal

Brincadêra de manhã cedo num é minha véia

Arrisca, quebrá o pau e ai d´eu sodade

Marido seu disgraçado tu ai de morrê

Cachorro ai de ti lati e urubu ai de ti cumê

Se eu subesse disso tudo num é minha véia

Eu num casava cum ocê e ai deu sodade

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome