Evaldo Gouvea e Jair Amorim

Bruno Filippo

(Colunista do Dia na Folia)

Na história da música popular brasileira, a dupla Evaldo Gouveia e Jair Amorim ocupa  posição singular. Seus sambas-canções, que abasteceram o repertório de nomes como Anísio Silva, Ângela Maria e, sobretudo, Altemar Dutra, superaram o preconceito que havia contra a influência do bolero – tido como cafona e piegas – e se converteram em clássicos da MPB, com inúmeras regravações de intérpretes contemporâneos.

Quem nunca se identificou com Brigas  – eleita por especialistas uma das cem músicas brasileiras mais bonitas do século XX –, gravada em 1966 por Altemar Dutra? É aquela que diz:

Veja só que tolice nós dois
Brigarmos tanto assim
Se depois vamos nós a sorrir
Trocar de bem no fim

Quem – confesse! -, em momentos de dor de cotovelo, desejou dizer o que eles mordazmente escreveram na primeira parte de Alguém me disse, sucesso de 1960 na voz de Anísio Silva?

Alguém me disse que tu andas novamente
De amor, nova paixão, toda contente
Conheço bem tuas promessas
Outras ouvi iguais a essas
Este teu jeito de enganar conheço bem

Faixa

Gal Costa – Alguém me Disse

Vídeos:

  1. Ana Carolina – Alguém me Disse
  2. Altemar Dutra – Brigas 
  3. Angela Maria – Tango Pra Tereza
  4. Dalva de Oliveira – E A Vida Continua
  5. Maysa – Bloco da Solidão

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome