Gafanhoto, isso não se faz. Deixa a minha roça em paz!

Albertinho Fortuna canta MARCHA DOS GAFANHOTOS, marcha carnavalesca de Roberto Martins e Eratóstenes Frazão. Resgate de Luciano Hortencio.

Resgate de Luciano Hortencio

Albertinho Fortuna canta MARCHA DOS GAFANHOTOS, marcha carnavalesca de Roberto Martins e Eratóstenes Frazão.

Gafanhoto deu na minha roça
Comeu, comeu, toda a minha plantação
Xô, gafanho, xô xô
Deixe um pé de agrião pro meu pulmão
Gafanhoto isso não se faz
Deixa a minha roça em paz. (bis)

Minha verdura, gafanhoto comeu
A rapadura, gafanhoto comeu
Não há mais nabo,
Nem quiabo, que diabo
Não há couve, que que houve
Gafanhoto comeu.

Gafanhoto deu na minha roça
Comeu, comeu, toda a minha plantação
Xô, gafanho, xô xô
Deixe um pé de agrião pro meu pulmão
Gafanhoto isso não se faz
Deixa a minha roça em paz. (bis)

Albertinho Fortuna – MARCHA DOS GAFANHOTOS – marcha carnavalesca de Roberto Martins e Eratóstenes Frazão.

Disco RCA Victor – 800489-a.
Ano de 1946.
Arquivo Nirez.
Coisas que o tempo levou.
luciano hortencio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Mauro Senise, um músico gregário e profícuo, por Aquiles Rique Reis

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome