Guitarrista Libero Dietrich lança ‘Canções sem palavras’

Um projeto que sintetiza o conceito de manter a música instrumental acessível, independentemente do desenvolvimento acadêmico da mesma.

Jornal GGN – O guitarrista Libero Dietrich apresenta Canções sem Palavras (selo Umbilical), um projeto que sintetiza o conceito de manter a música instrumental acessível, independentemente do desenvolvimento acadêmico da mesma. No álbum, o artista está acompanhado pelos músicos Sintia Piccin (flauta transversal, saxofone tenor), Anette Camargo (piano), Jackson Silva (contrabaixo elétrico, acústico e fretless) e Rodrigo ‘Digão’ Braz (bateria).

O disco, que já está nas plataformas digitais, apresenta em seu repertório as faixas Canção Sem Palavras (Libero Dietrichkeit), Elisabeth (Libero Dietrichkeit), Entre Dois Mundos (Anette de Camargo/ Libero Dietrichkeit), Terezinha (Libero Dietrichkeit), Laís (Libero Dietrichkeit) e Terra dos Sons (Libero Dietrichkeit).

Canções sem palavras é mais um álbum lançado pelo Umbilical, selo dedicado aos novos artistas do jazz e da música brasileira. Com o objetivo de lançar projetos musicais de novos artistas nacionais, assumindo todas as fases da produção, a gravadora atua nas mais variadas vertentes do jazz e da música brasileira. Na primeira leva de artistas lançados, além de Líbero, estão os álbuns de Vitor Arantes Quarteto, que já está nas plataformas, Anderson Quevedo Trio e Fran Nóbrega, sendo que esse último terá a direção musical de Michael Pipoquinha.

Com mais de 25 anos de carreira, Libero Dietrich é guitarrista por formação e baixista autodidata. Teve o rock como porta de entrada ao universo da música popular, mas depois descobriu o jazz, o fusion e a música brasileira. Seus professores de guitarra foram Luiz Benedetti, Fernando Corrêa, Michel Leme e Marcelo Gomes. A Fundação das Artes de São Caetano do Sul e o Conservatório de Tatuí foram o locais responsáveis por sua formação.

Para conhecer, acesse:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora