Meu coração vagabundo…

por Luciano Hortencio

Meu coração não se cansa

De ter esperança

De um dia ser tudo o que quer

 

Meu coração de criança

Não é só a lembrança

De um vulto feliz de mulher

Que passou por meus sonhos

 

Sem dizer adeus

E fez dos olhos meus

Um chorar mais sem fim

 

Meu coração vagabundo

Quer guardar o mundo

Em mim

 

Meu coração vagabundo

Quer guardar o mundo

Em mim

Eliete Negreiros – CORAÇÃO VAGABUNDO – Caetano Veloso.

Álbum: Eliete Negreiros – Canção Brasileira – A Nossa Bela Alma.

Ano de 1992.

Coisas que o tempo levou.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

19 comentários

  1. E vai além… Insensato!
    [video:https://youtu.be/AgBJitpZCU%5D

    Um tanto bêbado? Um tanto lúbrico? Quem sabe, canastrão?

    Bateu uma certa nostalgia Hortêncio… Tá tudo tão podre que a gente sente falta até das ilusões…

    Bacana seu post! Aliás, todos são. Não elogio mais porque vc não merece, mas quem tá merecendo qquer consideração né messsmmmmmmmm???

  2. Marlene

    Querido amigo Luciano, belíssima composição de Caetano Veloso!

    Grande abraço!

     

    “Coração vagabundo” (Caetano Veloso) # Marlene ao Vivo. Álbum ‘É a Maior’, 1970.

     

     

     

     

  3. A realização de uma vida

    Manuel Bandeira

    Pneumotórax

    Febre, hemoptise, dispnéia e suores noturnos.
    A vida inteira que podia ter sido e que não foi.
    Tosse, tosse, tosse.

    Mandou chamar o médico:
    – Diga trinta e três.
    – Trinta e três… trinta e três… trinta e três…
    – Respire.

    – O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado.
    – Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax?
    – Não. A única coisa a fazer é tocar um tango argentino.

    Vamos dançar um tango, Lulu?

    [video:https://youtu.be/ce4RgZzMG5I%5D

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome