O violão de Alessandro

Terminar o livro “Cabeça de Planilha” não está apenas acabando com meus fins de semana, como me fazendo perder espetáculos imperdíveis. Um deles foi ontem, o lançamento do CD de Alessandro Penazzi, multi-instrumentista (bandolim, cavaquinho, sopro mas, especialmente, violão). Penazzi já faz parte do Olimpo dos instrumentistas brasileiros de nível internacional. Tanto assim que, a primeira vez que o ouviu, Yamandu Costa o convidou para fazerem um show juntos. Aliás, a personalidade generosa, o talento, a liderança que está firmando no choro, a vontade de descobrir talentos, tornam Yamandú cada vez mais parecido com o grande Raphael Rabello.

Alessandro faz parte do conjunto “Choro Rasgado”, em minha opinião o melhor conjunto instrumental brasileiro da atualidade. Seus diálogos com o violão sete cordas do Zé Barbeiro são para entrar para a história.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome