Ou capam esse cuiúdo ou emprenha toda a nação!

João de Almeida Neto canta TANGO DO MERETRÍCIO de Luiz Bastos e Mauro Ferreira. Resgate de Luciano Hortencio.

Resgate de Luciano Hortencio

João de Almeida Neto canta TANGO DO MERETRÍCIO de Luiz Bastos e Mauro Ferreira

Rasguei a certidão de casamento
Finquei o braço na mulher
Foi um gritedo
Vesti uma fatiota elegante
Despachei duas amantes e me mandei pro chinaredo.

Não há lugar melhor que o meretrício
No vício é que eu encontro meu papel
Me enfrasco e canto um tango pras gurias
Que eu sou filho de uma tia da empregada do Gardel.

Desde guri eu nunca fui um bom sujeito
Pois a falta de respeito sempre foi minha vocação
Me lendo a mão uma cigana disse tudo
Ou capam esse cuiúdo ou emprenha toda a nação.

Dizem que bom eu só vou ser depois de morto
Porque pau que nasce torto não dá mais prá endireitar
Eu sou teimoso e por não concordar com isso
Me mandei pro meretrício e fico até desentortar.

Amanhã minha mulher que é uma cruzeira
Vai reunir a família inteira prá tentar me redimir
Mas eu garanto que enquanto tiver dinheiro
Nem que chamem os bombeiros não me tiram mais daqui.

João de Almeida Neto – TANGO DO MERETRÍCIO – Luiz Bastos – Mauro Ferreira.
Álbum: João Almeida Neto – Nova Trilha – RBS Discos.
Ano de 1989.
Fonograma enviado pelo amigo Francimar Torres.
Coisas que o tempo levou.
luciano hortencio.