Pobreza por pobreza, sou pobre em qualquer lugar

Jorge Nery canta POBREZA POR POBREZA de Gonzaguinha. Resgate de Luciano Hortencio.

Resgate de Luciano Hortencio

Jorge Nery canta POBREZA POR POBREZA de Gonzaguinha

Meu sertão vai se acabando
Nessa vida que o devora
Pelas trilhas só se vê
Gente boa indo embora
Mas a estrada não terá
O meu pé pra castigar
Meu agreste vai secando
E com ele vou secar
Pra que me largar no mundo
Se nem sei se vou chegar
A virar em cruz estrada
Prefiro ser cruz por cá
Ao menos o chão que é meu
Meu corpo vai adubar
Se doente sem remédio
Remediado está
Nascido e criado aqui
Sei espinho onde dá
Pobreza por pobreza
Sou pobre em qualquer lugar
A fome é a mesma fome
Que vem me desesperar
E a mão é sempre a mesma
Que vive a me explorar.

Jorge Nery – POBREZA POR POBREZA – Gonzaguinha.
Álbum: I Festival Universitário de Música Popular Brasileira – TV Tupi canal 6 – Secretaria de Turismo- GB.
Ano de 1968.
Coisas que o tempo levou.
luciano hortencio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Renato Braz e Rebeca: a hora da música na TV GGN

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome