Socorro Lira, Bárbara Rodrix e Breno Ruiz fazem temporada na Funarte SP

Socorro Lira, Bárbara Rodrix e Breno Ruiz, duas compositoras e um compositor do cenário criativo e inter-dependente da música brasileira atual, apostam na união de ideais e canções e fazem temporada na Funarte São Paulo.

Três gerações, de carreiras e origens distintas, que carregam na voz e no bojo de seus instrumentos os diferentes sotaques e a eternidade da canção popular do Brasil.

A temporada possui formato intimista: cada artista se acompanha ao próprio instrumento. A formação minimalista é um convite ao público para se entregar à experiência única de uma apreciação que solicita algo além da mera atenção e dos ouvidos do espectador: a alma.

Assim, Socorro Lira traz as canções dos seus sete álbuns autorais, incluindo o mais recente “Amazônia – Entre Águas e Desertos” (lançamento 2014); Bárbara Rodrix canta as músicas do disco Ninguém Me Conhece e Breno Ruiz apresenta suas parcerias com Paulo César Pinheiro, que serão lançadas no álbum Cantilenas Brasileiras.

Breno canta composições próprias como Viola de Bem Querer, parceria com Paulo Cesar Pinheiro. Barbara, além de cantar canções do pai Zé Rodrix, interpreta temas seus como Venha, parceria com Luiza Possi. Socorro Lira também segue o caminho autoral, cantando as próprias canções como Poema Didáctico (EP Os Sertões do Mundo), dela, em parceria com o escritor moçambicano Mia Couto como parceiro.

Foto: Sergio Ferreira

SERVIÇO

TEMPORADA FUNARTE SP Breno Ruiz, Barbara Rodrix e Socorro Lira
08/03 | 20h – Breno Ruiz e participações de Barbara Rodrix e Socorro Lira
15/03 | 20h – Barbara Rodrix e participações de Socorro Lira e Breno Ruiz
22/03 | 20h – Socorro Lira e participações de Barbara Rodrix e Breno Ruiz
29/03 | 20h – Breno Ruiz, Barbara Rodrix e Socorro Lira
Local: Sala Funarte Guiomar Novaes – São Paulo. Al. Nothmann, 1058 – Campos Elíseos.
Ingresso: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia).
Classificação: livre
Contato: [email protected]
Tels.: 11 9 9179 6483; 11 4102 3768

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Segovia, o gênio que tinha inveja, por Luis Nassif

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome