Trivial de Ariel Ramires

O grande Ariel Ramires, autor de Missa Criolla, Alfonsina e o Mar, e outros clássicos, aqui representado por seu filho Facundo Ramires.

Segundo sua filha, Mariana,

A bela canção que Ariel Ramirez escreveu & Armando Tejada Gómez para Henrique Hudson * Canção tão sentida! e muito pouco conhecida. Aqui meu irmão Facu ao piano. Ouçam que comunhão de letra e música!

Allá lejos y hace tiempo…

Posted by Facundo Ramírez on Monday, April 6, 2020

Lejos, muy lejos del sol
vuelve el recuerdo de allá
siento en mis ojos brillar
el azul soledad de mi tierra natal.
Susurra el viento y se va
enloqueciendo el color
y es la nostalgia un adiós
de amapola y torcaz, mariposa y gorrión.
Allá lejos la patria andaba,
azulando el día,
cielo allá,
tiempo allá,
vuelvo niño al asombro del sur
y por mi sangre una voz maternal
nombra la vida.
Alza su sombra el ombú
poncho de la inmensidad,
y es mi lejano país
una dulce raíz que no sabe olvidar.
Frente a la bruma y el mar
la lejanía es un Dios
y se me da por pensar que el recuerdo de allà
se me ha vuelto canción.
Allí lejos la patria andaba,
azulando el día,
cielo allá,
tiempo allá,
vuelvo niño al asombro del sur
y por mi sangre una voz maternal
nombra Argentina.
E, na tradução do Facebook
Longe, muito longe do sol
Volta a lembrança de lá
Sinto nos meus olhos brilhar
O azul solidão da minha terra natal.
Sussurra o vento e vai embora.
Enlouquecendo a cor
E é a saudade de um adeus
de papoila e torcaz, borboleta e pardal.
Lá longe a pátria andava,
Azulando o dia,
Céu lá,
Hora lá,
Volto menino para o espanto do sul
E pelo meu sangue uma voz maternal
Nomeia a vida.
Levante sua sombra o umbu
Poncho da imensidão,
E é o meu país distante.
Uma doce raiz que não sabe esquecer.
Em frente à cerração e do mar
O afastamento é um Deus
E eu sou dado por pensar que a lembrança de lá
Estou ficando música.
Lá longe a pátria andava,
Azulando o dia,
Céu lá,
Hora lá,
Volto menino para o espanto do sul
E pelo meu sangue uma voz maternal
Nomeia Argentina.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Uma saudade a mais... Uma esperança a menos...

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome