Trivial de Bola Sete

Bolsa Sete fez parte da seleção brasileira de violão da rádio Nacional, no começo dos anos 50. O time contava com ele, Laurindo de Almeida, o genial Garoto e um moleque curioso, de nome Baden Powell.

Assim como Laurindo e Luiz Bolnfá, Bola Sete seguiu rumo aos Estados Unidos, construindo uma belíssima reputação como violonista do jazz. Influenciou toda uma geração incluindo o lendário guitarrista mexicano Santana.

Aqui, uma gravação da série histórica que fez com o pianista canadense Vince Guaraldi

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ana Lee, uma grande intérprete, por Aquiles Rique Reis

2 comentários

  1. Lembro no rádio dos anos 50, o Programa do Dilermando Reis, na tardinha, perto dos seriados do Anjo e do Herói do Sertão.

  2. Oi Nassif, com vc mencionou alguns dos mais importantes violonistas brasileiros, seria interessante que resgatasse um outro notável, o Gamela, Sidnei Barros. Formou grandes outros da nova geração, como o Nelson Faria (Um café lá em casa). O Gamela, apesar de ter sido um gigante da verdadeira música brasileira, foi e é pouco conhecido. Felizmente, quando já estava mais velho, foi alvo de um programa na TV Câmara, que registrou sua alta sensibilidade musical como instrumentista de primeira linha (Mestre Gamela, o nome do programa). Dedicou a vida a formar violonistas e guitarristas, sobre o patamar da bossa nova. Tocou com o Baden, e tinha o Luís Bonfa como sua estrela favorita. Fica ai a sugestão. Um abraço.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome