Trivial do Cantores de Ébano

Por Paulo Cavalcanti

Prezado Nassif,

Quero aqui, apelar para sua veia musical, que sempre abre espaços para o resgate dos bons cantores, instrumentistas, etc.

Quero aqui, relembrar um conjunto, que fez muito, muito sucesso, era final dos anos 60 – chamavam-se: “CANTORES DE ÉBANO” – seus maiores sucessos, foram: :”Uirapurúe” e “Oi leva eu, minha saudade”
dê uma olhada nesse video no Youtube: o ator principal do grupo, o Muchacho, mora na Zona Norte de S. Paulo, e trabalha de motorista no Palácio dos Bandeirantes.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

27 comentários

  1. Anarquista
    Tuas palavras me
    Anarquista
    Tuas palavras me emocionaram e conheci tua parte sensível e sentimental.
    Só não concordo com a parte que dizes que a paixão humana passa. Ela não passa. Ela se transforma num amor duradouro e eterno na maioria das vezes. E não ha nada tão gostoso como envelhecer juntos.levando junto este amor.

  2. Essa música tem um não sei o
    Essa música tem um não sei o que de místico.

    Pelo menos pra mim, que sou do interior.

    E quando ouço Chitãozinho e xororó e a maioria das músicas caipiras, me dá um nó no cérebro( mais um)

    porque a letra deles se resume a dor de corno.Ou de um amor não correspondido.TODAS COM TEMAS IGUAIS.

    Esta não.

    Trata com suavidade de encantos que só florescem na alma de quem ama.

    E o amor pela natureza é tão ou mais nobre que o asentimento por outra pessoa.

    D

  3. Nassif
    Dentre as belas
    Nassif
    Dentre as belas interpretações dos Cantores de Ébano, existe uma de Romaria que é simplesmente divina.
    Já lhe falei, não tenho certeza se voce viu meu recado, de um garoto violeiro de Uberaba, o Thácio Cândido. Ao ouvi-lo recentemente em Goiás, senti emoção identica a que senti quando ouvi pela primeira vez “Pinguinho de Gente”. Vale a pena conhecer.
    Gostaria de lhe enviar, me diga como, um belíssimo trabalho de Geraldo Maia (Recife). ” Samba de São João”. Bela leitura da obra de João Pernambuco, Stefana de Macedo, Luperce Miranda, Capiba, Meira, Manezinho Araújo e outros grandes compositores pernambucanos.
    Abraços petrolinense
    Omar

    Estou aguardando links de obras dele.

  4. Continuando:

    Essa música tem
    Continuando:

    Essa música tem um não sei o que de místico.

    Pelo menos pra mim, que sou do interior.

    E quando ouço Chitãozinho e xororó e a maioria das músicas caipiras, me dá um nó no cérebro( mais um)

    porque a letra deles se resume a dor de corno.Ou de um amor não correspondido.TODAS COM TEMAS IGUAIS.

    Esta não.

    Trata com suavidade de encantos que só florescem na alma de quem ama.

    E o amor pela natureza é tão ou mais nobre que o sentimento por outra pessoa.

    Porque a paixão humana passa e muitas x transferimos pra outrem.

    mas o sentimento pela natureza não se transfere.

    É único, singular,ímpar e eterno.

    E nem Vinicius ousaria dizer: que seja eterno enquanto dure..Isso é só pra sentimentos carnaIs( tanto é verdade que ele casou 9 x) Mas com a natureza se casa uma x só.E nem precisa de testenunhas ou juras eternas.É uma fidelidade nem exigida e nem imposta.

    Forever.

  5. Mais do que um comentário,
    Mais do que um comentário, uma constatação:

    Amanhã, dia 08 de fevereiro, entram em vigor as novas tarifas de transporte público na cidade de São Paulo e, uma vez mais e como sempre, os consumidores aceitam pacificamente mais um abuso da incompetência e inoperância administrativa do governo, quer seja municipal, estadual ou federal, quer seja de esquerda, centro, direita, A, B, C ou D. Quería deixar registrado no maior número possível de veículos de comunicação a minha afronta sobre mais este abuso. Para fins de comparaçào resolví entrar no site da RATP, a empresa pública que cuida dos transportes na Île-de-France (Paris e áreas adjacentes) para fazer uma comparação rapida sobre as tarifas, sem nem querer entrar no mérito do tamanho e abrangência (muito menos da qualidade) da rede de transporte público das duas cidades. E o que encontro é o seguinte: enquanto em SP pratica-se uma tarifa única, agora de R$ 2,55, as tarifas da rede pública em Paris são as seguintes:

    Paris (em reais, convertido a 3,00):
    Bilhete individual: R$ 4,80; pacote com 10 bilhetes: R$ 34,20; assinatura semanal e mensal zonas 1 e 2 (viagens ilimitadas no centro de Paris): R$ 50,40 e R$ 165,30; assinatura semanal e mensal zonas 1 a 6 (suburbios): R$111,60 e R$ 366,30…

    Todos os tickets dão direito à acesso ilimitado às redes de metrô, trem, tram, tramway dentro das zonas demarcadas, ou seja, um usuário pode sair do metrô, pegar um ônibus, sair deste ônibus e terminar sua viagem de tramway e só pagará um ticket (que tem, no mínimo, validade de 1p0m)

    Agora as reduções nas tarifas:
    1) Assalariados: empresa tem 50% de desconto e repassa ess benefício ao funcionário;
    2) Mais de 60/65 anos: viagens gratuitas ou meia-tarifa para longas distancias;
    3) Estudantes, estagiários (até 26 anos de idade): viagens gratuitas entre residencia e escola e meia-tarifa noutros percursos

    No final das contas um assalariado em Paris que mora no suburbio pagará algo em torno de R$ 83,00 mês mas, claro, isso é Paris e lá eles precisam desse tipo de ajuda.

    Sem mais comentarios.

    fonte: ratp.fr

  6. Lembrei do conjunto, da
    Lembrei do conjunto, da apresentação deles, o rádio e a Tv Tupi, programas como de Fávio Cavalcanti, que não gostava de qualquer música sertaneja. Boa lembrança. Sdc

  7. Alguém (inclusive o
    Alguém (inclusive o signatário aqui) estava devendo algo dessa turma. Apostaria que primeiro apareceria por aqui o “Leva eu sodade” com a magistral participação do “16 toneladas” de voz, Noriel Vilela. Mas o Uirapuru em si já é uma das mais belas páginas do grupo. Bem lembrado, Cavalcanti, bem lembrado!

  8. *** No país dos meus sonhos
    *** No país dos meus sonhos ***

    No país dos meus sonhos se um cara cometesse um crime e fosse pego em FLAGRANTE (mesmo depois de escondido), se o cara confessasse, ou se sobre ele houvessem provas irrefutáveis, de mérito, mesmo que colhidas sem a forma ideal da Justiça, no país dos meus sonhos um cara destes seria PREVIAMENTE preso e enjaulado …pois já seria considerado culpado

    No país dos meus sonhos, um país que reputo mais adulto, consequente e sério, a um cara destes,caberia à JUSTIÇA apenas julgá-lo pra determinar, em CURTO PRAZO, de quanto deveria ser a pena, de preferência nem exagerada, muito menos pequena.

    Sem duvida que o país dos meus sonhos esta longe de ser aquele que abriga Gilmar Mendes e a turma do mamilo entumecido, nomeados por políticos e com empregos vitalícios.

    No país dos meus sonhos uma pena NÃO teria PRAZO de validade, muito menos alguns teriam a coragem de tentar livrar o bandido apenas por ele completar mais idade.

    que pena …é de dar pena saber que a pena da nossa Justiça seja incapaz de aplicar uma pena e de reconhecer que os canalhas também envelhecem.

  9. Das manchetes escandalosas:
    A
    Das manchetes escandalosas:
    A manchete da folha hoje me pareceu bem maldosa: desemprego atinge 31% dos lares . Ou seja, em um terço dos lares há pelo menos uma pessoa que perdeu o emprego. quando se olha a taxa de desemprego, propriamente dita, não é tão alarmante assim. O objetivo da agregação por “lares” é inflar o percentual. Eles poderiam ter colocado que “desemprego atinge quase 100%” dos municípios brasileiros”, já que em praticamente todos os municípios existirá alguém que perdeu o emprego. Mas aí a coisa ficava escancarada demais para ter eficácia alarmista.

  10. O atual diretor geral da PF
    O atual diretor geral da PF tem dado bastante entrevistas nos últimos tempos. Tem divulgado bem as ações da PF.

    Falou com Nassif dias atrás e agora falou com o pessoal do BLOG DA AMAZONIA, blog que fica hospedado no site do Terra Magazine.

    Abaixo algumas partes da entrevista, interessante:

    http://blogdaamazonia.blog.terra.com.br/2009/02/09/luiz-fernando-correa-faz-da-amazonia-uma-escola-para-a-policia-federal/

    Luiz Fernando Corrêa faz da Amazônia uma escola para a Polícia Federal

    Qual tem sido a sua estratégia como diretor da Polícia Federal?

    A Polícia Federal tem atribuições que vão mudando com a evolução da história e nós temos que fazer a adequação necessária dos procedimentos. É um processo evolutivo natural. Hoje nós estamos fortalecendo muito a capacidade de qualidade da prova, ou seja, nós temos que ter uma prova bem robusta para enfrentar o tipo de criminoso que a Polícia Federal enfrenta. Então nós temos que buscar constantemente essa qualidade de prova. Para isso, existem investimentos sérios em perícia e na área de corregedoria. (…)

    Como a Polícia Federal pode contribuir para combater os barões e suas fortunas ilícitas, que surgem na Amazônia à sombra da corrupção e do narcotráfico?

    A Polícia Federal atingiu uma maturidade e um nível de aperfeiçoamento em termos de investigação financeira. Eu diria que estamos no estado da arte, como qualquer polícia de grande país. Aliás, somos até referência para muitos países. Historicamente, nossos policias na Amazônia tinham como foco a criminalidade violenta e o tráfico de drogas.(…) A mídia não se apercebeu, mas no ano passado, na questão de entorpecentes, a Polícia Federal ao longo do ano foi fazendo apreensões, acumulando prova material do tráfico. Depois, com os dados dos inquéritos, voltou para prender pessoas sem droga, sobretudo financiadores, transportadores e gerenciadores. Mas isso não repercutiu na mídia. O mesmo se aplica a outras modalidades criminosas. No dia-a-dia se apreende a materialidade e depois se busca a organização criminosa.

    Quando o senhor assumiu a direção e começou a fazer mudanças na PF, muito foi dito que as mudanças eram direcionandas para a proteção de certos grupos políticos e econômicos. A PF está dividida?

    Não está dividida. A Polícia Federal adquiriu uma independência operacional que nós zelamos. Isso é um patrimônio nosso. Não admitimos ingerência política e ganhamos maturidade institucional. A Polícia Federal é um patrimônio do Estado brasileiro e alcançou uma elevada consciência republicana. Contra isso ninguém se insurge, ninguém tenta furar esse bloqueio de independência funcional. Quando há mudanças, esse tipo de questionamento surge e tentam fazer vinculações com o governo da vez. Mas não é. É uma coincidência de maturidade funcional. Estou no fim de minha carreira. Dentre os que estavam na minha posição, o ministro da Justiça e o presidente da República poderiam escolher qualquer um profissional. Fui o escolhido. Mas não há vinculação partidária. Não tem nada disso.

    Nesse sentido, na sua avaliação o que significou a operação Satiagraha?

    Primeiro, que é uma operação importante. Tudo que for para combater o crime financeiro, corrupção eventualmente, como no caso concreto de tentativa de corrupção de nossos colegas, é relevante. Está em apuração os eventuais desvios de conduta porque nós temos como marca a impessoalidade. Todo mundo lembra da Satiagraha, mas nós fizemos mais de 200 operações especiais no ano passado. Terminamos o ano com uma operação que atacou frontalmente o Poder Judiciário de um estado da federação e ninguém associa nomes a uma operação institucional. Essa é a marca da polícia. (…)

    continua no link divulgado lá em cima.

  11. Nassif, ja lhe falei em outro
    Nassif, ja lhe falei em outro post mas não sei se vc leu, estou postando comentário agora às 10:07h da manhã mas o blog está colocando o horário das 7:29h. Só comigo isso está acontecendo ?

  12. Fez lembrar meu pai, o sêo
    Fez lembrar meu pai, o sêo Rezende, que vira e mexe escutava essa gravação na velha eletrola (ou radiola) lá de casa… Acima de tudo, o sêo Rezende amava passarinhos. Quando morreu, um beija-flor invadiu a sala e fez uma singela homenagem, voando por algum tempo em torno dele. Foi a despedida que meu pai merecia, a mais bonita que alguém poderia ter.

  13. Nassif,

    O site anda muito
    Nassif,

    O site anda muito instável!!!

    Foi por isso que você perguntou do PostgreSQL?

    Se for, queria apenas fazer um comentário: mudar de base de dados não faz muita diferenca, se você estiver usando um servidor sobrecarregado.

    Talvez fosse melhor investir em um servidor dedicado, o que deve custar algo em torno de $100 por mês. Com isso você teria uma máquina dedicada única e exclusivamente ao seu site.

    Em outras palavras:

    Investigue a possibilidade de que seu problema seja de hardware e não de software.

    O postgree é para outro sistema. Esse aqui está no servidor do iG. Problema do iG.

  14. Anarquista,

    Fazia muuuuuito
    Anarquista,

    Fazia muuuuuito tempo que não ouvia falar dessa música. Tempo mesmo!
    Como adoro música, ela sendo boa, ouço todas.
    Boa recordação. Gosto de você. Me faz rir e pensar. Isso é ótimo.
    Embora às vêzes…. ô gênio do cão! hehehe.

    Um beijo
    Soledad

  15. A hipocrisia nossa de cada
    A hipocrisia nossa de cada dia

    Menina, DESGRAÇADAMENTE, morre no Rio com uma bala na cabeça

    …estava grávida de 4 meses

    http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/02/07/gravida+atingida+por+bala+perdida+morre+no+rj+3915903.html

    Aí vejo a dor e o desespero da família no desabafo da avó:

    “…criança TRABALHADORA, só tinha 14 anos, estava GRÁVIDA …”

    péra lá …volta a fita ..deixo entender

    menina de 14 anos GRÁVIDA de 4 meses, TRABALHADORA, morre com um tiro na cabeça

    de que tipo, e de QUANTOS crimes, fala mesmo a notícia ?

    ahhh …deixa pra lá …a esta altura a coitadinha já deve ter enchido umas 10 estatísticas

  16. Nilo Amaro e seus Cantores de
    Nilo Amaro e seus Cantores de Ébano…..já tem o seu lugar na nossa Música….e bem merecido! Clássicos como “Uirapuru” me deixa com muita saudade quando eu era criança….ô Saudade!!!

  17. Nilo Amaro e seus Cantores de
    Nilo Amaro e seus Cantores de Ébano…..já tem o seu lugar na nossa Música….e bem merecido! Clássicos como “Uirapuru” me deixa com muita saudade quando eu era criança….ô Saudade!!! ……”….quando chego na ladeira, tenho medo de cair…..Leva eu….minha saudade”…….

  18. Nilo Amaro e seus Cantores de
    Nilo Amaro e seus Cantores de Ébano…..já tem o seu lugar na nossa Música….e bem merecido! Clássicos como “Uirapuru” me deixa com muita saudade quando eu era criança….ô Saudade!!! ……”….quando chego na ladeira, tenho medo de cair…..Leva eu….minha saudade”…….

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome