Trivial do centenário de Adoniran

Clique aqui para ir às páginas do Portal Luís Nassif com vídeos de Adoniran Barbosa.

Muitos anos atrás, Luiz Antonio Giron desenvolveu uma teoria bastante instigante, sobre a fasa de decadência de Orlando Silva – que mudou a voz devido às libações, droga e álcool. Giron dizia que a nova voz refletia de forma trágica o cantor sofrido, seria uma representação da decadência física, mas esteticamente tão relevante quanto a fase da voz límpida, da fase que o consagrou como o maior cantor da história.

Mesmo assim, sempre preferi o Orlando da primeira fase.

Agora, Cauby é extraordinário. Abaixo, uma interpretação recente dele, de “Bom Dia, Tristeza”. Aqui, a análise de Giron caberia como uma luva. É uma voz envelhecida em toneis de carvalho, com um grave trazido pela idade, mas preservando a dramaticidade da primeira fase.

Aliás, poderíamos aproveitar para um amplo levantamento em homenagem aos 100 anos de nascimento de Adoniran. 

PS – Por algum problema de configuração, só os comentaristas cadastrados estão conseguindo enxergar o áudio. Segunda peço para corrigirem.

Clique aqui

Por Pagu

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora