Virada Cultural teve palco só para cantoras mulheres

Jornal GGN – A Virada Cultura de São Paulo deste ano teve um espaço dedicado especialmente às artistas mulheres. No Palco São João, se apresentaram Elba Ramalho, Teresa Cristina e Maria Rita, entre outras.

Enquanto isso, o Palco Princesa Isabel era tomado pelo samba, em uma homenagem à inesquecível Dona Ivone Lara. Ela se apresentou em uma roda de samba ao lado de Monarco, Fabiana Cozza, Graça Braga, Tobias da Vai-vai e Elizeth Rosa.

Da Agência Brasil

Virada Cultural de São Paulo: cantoras têm palco só para elas

Por Camila Boehm

Neste ano, a Virada Cultural de São Paulo tem um espaço dedicado especialmente às artistas mulheres, que é o Palco São João. Hoje (22), o público poderá conferir os shows de Elba Ramalho (11h), Teresa Cristina (14h) e Maria Rita (17h), que são alguns dos destaques do evento.

A cantora Elba Ramalho leva para o palco um repertório de clássicos da carreira, como De volta pro Aconchego, Anunciação, Bate Coração, Chorando e Cantando, Chão de Giz, Banho de Cheiro eFrevo Mulher. Já o público de Maria Rita, vai aproveitar o show Coração a Batucar.

Desde ontem (21), passaram pelo Palco São João artistas de diferentes gêneros musicais. A cantora cubana Yusa abriu a programação às 18h. Na sequência, cantaram Ellen Oléria, Sandra Belê, Khrystal e Valesca. A madrugada abriu espaço para os shows de Elza Soares, Céu e Lei Di Dai.

Teatro Municipal

O Teatro Municipal também tem programação de destaque neste domingo. Às 11h, a música erudita ganha espaço com o Concerto Orquestra Experimental de Repertório. Na parte da tarde, às 15h, Erasmo Carlos canta Carlos, Erasmo (1971). O último a se apresentar será Geraldo Azevedo, que leva ao públicoBicho de 7 Cabeças (1979).

Leia também:  Domingueira GGN: Yamandu Costa

Já o Palco Princesa Isabel é tomado pelo samba e homenageia Dona Ivone Lara. Às 18h, em uma roda de samba, ela se apresenta ao lado de Monarco, Fabiana Cozza, Graça Braga, Tobias da Vai-vai e Elizeth Rosa. Mas antes, desde as 13h, o público pode conferir um grupo de sambra tradicional de São Paulo, o Sampagode, que convida a cantora e compositora Leci Brandão para apresentar clássicos de sua carreira, como Só quero te namorar, Anjos da Guarda, Isso é Fundo de Quintal, Zé do Caroço. Arlindo Cruz é outra atração desse palco, que faz show às 15h de hoje.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

2 comentários

  1. A Tv Brasil apresentou ao

    A Tv Brasil apresentou ao vivo aquele evento em Salvador pela revitalização da Concha. Vimos como o povo gritava contra o golpe, mesmo sem o aceno dos cantores, como aconteceu quando Pepê e Baby apareceram. Bastava eles calarem um pouco pra turma gritar Fora Temer.

    Agora, com a TV Brasil nas mãos dos canalhas, não podemos ver nada. E também não vi em nenhum blogue como foi essa Virada. Mas, saber que lá também houve manifestações já me deixaram bem.

    E vai ficar melhor com o vídeo hoje divulgando conversas intigantes, comprometedoras entre Jucá e o ex-presidente da Eletrobrás. Suge mais um argumento fortíssimo para todos nós que não aceitamos essa corja do bandidos. Nossa vida não pode ser submetida a um escárneo tão grande. 

    • To achando estranho esse

      To achando estranho esse assunto estar sendo praticamente ingnorado pela imprensa alternativa (“blogs sujos” e afins…)

      Em TODOS os shows da Virada Cultural (exceto na apresentação da OSESP) houve gritos de “Fora Temer”, a maioria das vezes com apoio dos artistas. 

      Tinha muita gente com cartaz de “Temer jamais”

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome