Waldir Silva e seu cavaquinho aveludado!, por Luciano Hortencio

A sensação da chuva caindo na vidraça e o som querido nas minhas oiças dão-me a sensação de languidez no corpo e de estar com a alma tranquila e como que aveludada.

Waldir Silva e seu cavaquinho aveludado!, por Luciano Hortencio

Fortaleza amanhece debaixo de uma chuva morna e mansinha, assim de surpresa por não ser nem tempo ainda das chuvas do caju, eu acho.

A sensação da chuva caindo na vidraça e o som querido nas minhas oiças dão-me a sensação de languidez no corpo e de estar com a alma tranquila e como que aveludada.

Procurei um áudio que correspondesse à sensação que estou sentindo e encontrei o excelente cavaquinista WALDIR SILVA interpretando seu VELUDO, que aqui trago, prazenteiro, na certeza de que os sons maviosos e aveludados desse cavaquinho agradarão às oiças de bom gosto e boa vontade.

 

Waldir Silva (cavaquinho) – VELUDO – Waldir Silva.

Disco Copacabana 6.386 – 285 .

Ano de 1962.

Arquivo Nirez.

Coisas que o tempo levou.

luciano hortencio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ricardo Tacuchian, um erudito, por Aquiles Rique Reis