Zequinha de Abreu, um dos maiores compositores

Por Tamára Baranov – Rio Claro/SP

José Gomes de Abreu, que nasceu em 19 de Setembro de 1880, seria padre conforme o desejo da mãe, o pai queria que fosse médico. Com 10 anos, Zequinha tocava flauta, clarineta e requinta, um tipo de clarinete com som mais agudo, na banda que organizou na escola e era regente. Aos 17 anos fundou sua orquestra e fez suas primeiras composições. Durante uma apresentação em um baile, no ano de 1917, tocou um choro batizado de ‘Tico-Tico no Farelo’, mas como já existia um choro com o mesmo nome resolveu mudar para ‘Tico-Tico no Fubá’. Apesar do sucesso nos bailes, o choro somente foi gravado em 1931 pela Orquestra Colbaz, dirigida pelo maestro Gaó. A música foi um dos maiores sucessos da década de 40 e fez parte da trilha sonora de filmes norte-americanos quando foi cantado por Carmen Miranda e tornou-se um dos maiores sucessos da música brasileira no século 20.

Em homenagem a Branca Barreto, filha do chefe da estação ferroviária de sua cidade, Santa Rita do Passa Quatro, no final da década de 10, Zequinha compôs de improviso a valsa ‘Branca’, um clássico da música brasileira. Aos 18 anos já estava casado e morando na capital paulista em 1920 se apresentando no Bar Viaduto, na Confeitaria Seleta, em clubes, em cabarés, e festas. Dava aulas de piano e também trabalhava na Casa Beethoven, na Rua Direita, onde conheceu os irmãos Vitale que iniciavam uma editora musical e ofereceram a Zequinha um contrato de exclusividade em troca de um ordenado fixo.

Leia também:  Entre poemas e melodias, Lari Finocchiaro lança seu primeiro álbum

Dois anos antes de morrer, fundou a banda Zequinha de Abreu. Dezessete anos após sua morte, os cineastas Fernando de Barros e Adolfo Celi e a Companhia Vera Cruz homenagearam o compositor com o filme ‘Tico-Tico no Fubá’, baseado em sua vida.

fonte: biografias uol

http://www.youtube.com/watch?v=hg-M_88Gn5o
http://www.youtube.com/watch?v=81IpmR8NWGc
http://www.youtube.com/watch?v=nNR_LNYtnEk
http://www.youtube.com/watch?v=Ux5FLoGroUs

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome