Joaquim Barbosa declara apoio a Haddad


Foto: Carlos Humberto/SCO/STF
 
Jornal GGN – O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, que se tornou conhecido pelo julgamento do mensalão contra o PT, acaba de anunciar seu voto em Fernando Haddad (PT) para a Presidência da República. 
 
A justificativa de Barbosa é que “pela primeira vez em 32 anos de exercício do direito de voto, um candidato me inspira medo”. A referência do ex-ministro do STF é sobre o presidenciável da extrema-direita Jair Bolsonaro (PSL).
 
“Votar é fazer uma escolha racional. Eu, por exemplo, sopesei os aspectos positivos e os negativos dos dois candidatos que restam na disputa”, continuou, concluindo, na publicação no Twitter: “Por isso, votarei em Fernando Haddad.”
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Aberta a temporada de discussão sobre o impeachment, por Luis Nassif

11 comentários

  1. Horario inconsistente

    Respeito muito este informativo,  porem depois de ver o mesmo problema no O Globo, agora tambem neste site..  Como e que pode o Sr. Joaquim Barbosa fazer uma declaracao no twiter as 11p3   e   o   comentario desta publicacao ter sido as 11p8…   Acaso o Joaquim Barbosa publicou antes para o GGN?   

    Espero que esclarecam este fato.  https://twitter.com/joaquimboficial/status/1056179596784254976

     

  2. Aquele que colaborou para que

    Aquele que colaborou para que se rasgasse a constituição, que contribuiu decisivamente  para fazer de Lula um preso político, que assinou embaixo de teses fascistas, agora diz que está com medo daquela coisa que alimentou com sua traição.

  3. Pés de barro

    Apoio é  sustentação, força.

    Apoio é para equilibrar, manter

    Apoio deve ser de material resistente

    Pé de Apoio 3.000 Kg Acionamento Articulado RAL-293

     

    Joaquim está confundindo pé de apoio com

    apoio para os pés

    Se o Haddad ganha, ele fica bem na fita.

    Se o Haddad perde, ele vai ser só mais  um negão, que o coiso vai defenestrar de primeira.

    Ele poderia decidir oferecer esse apoio “tão público e expressivo” lá pelo dia 31 em favorecimento da campanha do Haddad.

    Hoje ou dia 31, tem a mesma importância.

      

  4. Suprema ironia……….
    Com
    Suprema ironia……….

    Com apoio ou sem apoio, não me esqueço que esse senhor colaborou, com gosto e vigor, para que chegássemos ao atual cenário em que nos encontramos……

  5. Declaração tardia, mas pode
    Declaração tardia, mas pode influenciar alguns indecisos.

    Agora, se a besta ganhar, corre para seu ap de Miami. Será mais um perseguido pela besta.

  6. Só aguardando
    Aqui de plantão esperando os malabarismos verbais de quem sempre ofendeu o JB e agora precisa agradecer o apoio dado.

    O JB, assim como milhares de pessoas, inclusive Eu, vai tampar o nariz e colocar 13 na urna amanhã. Caso achem que esses votos não são bem vindos podem avisar que mudaremos de ideia rapidinho.

  7. Apoio do medo

    O apoio é atrasado e apela para o irracional: o medo. Quem vota no capitão também vota por medo, e certamente não é o mesmo medo que aflige o illibado ex-ministro. Haddad sabe disso ao prometer o que não poderia fazer, se eleito, como “salário mínimo acima da inflação, logo no dia 1º de janeiro”. Todos são medonhos a seu modo…

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome